segunda-feira, 28 de maio de 2018




I – REFLEXÕES SOBRE O LIVRO “LIBERTAÇÃO” – André Luiz/Chico Xavier

Encerrada a série “COMO VOCÊ INTERPRETA?!”, abordando temas do livro “Nosso Lar” – que iniciamos em Fevereiro de 2017 –, daremos início a algumas reflexões sobre o livro “Libertação”, que o 7º da Obra Andreluizina.
Esclarecemos, no entanto, aos nossos internautas, que, dos vinte capítulos substanciosos que compõe o livro, destacaremos apenas alguns tópicos de cada capítulo, deixando com eles estudos que possam ser mais completos.
Solicitamos aos nossos irmãos e irmãs que nos prestigiam com os seus apontamentos que nos perdoem por não podermos responder a cada uma das arguições que nos são dirigidas, considerando-nos felizes por motivarmos entre eles a discussão sadia sobre os assuntos abordados.
Cremos que, de nossa parte, nos estudos efetuados sobre “Nosso Lar”, cumprimos com o nosso dever que era, e continua sendo, apenas o de despertar novo interesse pelo estudo das obras de autoria de André Luiz, repletas de interessantes informações sobre a vida do espírito, nos mais variados Planos que habita.
Agradecemos o prestígio e a consideração que não merecemos da parte de nossos confrades, rogando ao Senhor que continue a nos inspirar na compreensão de Suas divinas lições, e, sobretudo, nos encorajando a colocá-las em prática no cotidiano.
*
Do excelente prefácio de Emmanuel para o livro “Libertação”, datado de 22 de fevereiro de 1949 – a obra está prestes e completar 70 anos! – prefácio significativamente intitulado “Ante as Portas Livres”, salientamos apenas o que escreveu o venerável Benfeitor, ao recontar a antiga lenda egípcia do “peixinho vermelho”:
“O esforço de André Luiz, buscando acender luz nas trevas, é semelhante à missão do peixinho vermelho.
Encantando com as descobertas do caminho infinito, realizadas depois de muitos conflitos no sofrimento, volve aos recôncavos da Crosta Terrestre, anunciando aos antigos companheiros que, além dos cubículos em que se movimentam, resplandece outra vida, mais intensa e mais bela, exigindo, porém, acurado aprimoramento individual para a travessia da estreita passagem de acesso às claridades da sublimação.
Fala, informa, prepara, esclarece...
Há, contudo, muitos peixes humanos que sorriem e passam, entre a mordacidade e a indiferença, procurando locas passageiras, ou pleiteando larvas temporárias.
Esperam um paraíso gratuito com milagrosos deslumbramentos depois da morte do corpo.
Mas, sem André Luiz e sem nós, humildes servidores de boa vontade, para todos os caminheiros da vida humana pronunciou o Pastor Divino as indeléveis palavras: - ‘A cada um será dado de acordo com as suas obras.’”
*
Conscientes, assim, da nossa condição de pobre bagre, que tenta escapar das águas barrentas da lagoa existencial em que se movimenta, longe de nós qualquer pretensão da missão que coube ao destemido “peixinho vermelho”...
O que nos consola, porém, é saber, que já não mais pertencemos à classe dos anfíbios anuros, que se contentam com sua condição de girinos, ou, no máximo, de batráquios coaxantes.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 28 de maio de 2018.



24 comentários:

  1. Aécio Emmanuel César28 de maio de 2018 03:13

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Foi recompensador os estudos do livro Nosso Lar, como será também "Libertação". Parabéns pela iniciativa de nos esclarecer mais a respeito do mundo espiritual. P.S.: Se fosse possível, queria saber se haverá o estudo sobre a mediunidade onde Baccelli esclarece tão bem a respeito desse dom que muitos confrades ainda pensam que sabem mas na verdade nada sabem. Um forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  2. kkkk, salve lá. Esse é o Dr. Inácio. ¨Batráquios coaxantes¨ eis o que somos,rsrs. E o pior é que temos ¨cabeça de bagre¨ e enquanto isso vamos atrasando propositalmente nossa evolução. E por falar nisso Ismael está tendo muito trabalho nos últimos dias. Paz na pátria do Evangelho. Bjs em ti e no Baccelli.

    ResponderExcluir
  3. Sem ações edificantes e com muita disciplina a evolução ocorre de forma lenta e cheia de dificuldades. Nossas preferências ditarão o caminho a seguir.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia dr Inácio e Baccelli
    Sou muito grata a esse livro libertação..
    E o título dele faz juz ao precioso conteúdo..
    Muitos talvez olhem essa lenda como uma ingênua história..porem ela é de tamanha riqueza em ensinamentos e reflexões..
    Quantas vezes já nos sentimos como o peixinho vermelho não é mesmo dr Inácio?
    É impressionante como somos resistentes às mudanças...
    Como somos resistentes em descortinar novos caminhos..
    Como somos presos no lago das ilusões..nas crenças..no apego..da acomodação..no orgulho de dizer..*eu sou assim..e não mudo*..rssss
    Essa lenda ainda nos leva por outros mares...
    Nos lembra Jesus dizendo..não deis aos cães as coisas santas...ou não deis pérolas aos porcos..
    Mostrando que aquele que ainda insiste em permanecer no reino da ignorância..permanecerá *na seca*...nao desvendara seu próprio reino sagrado..
    E quantas vezes somos tratados como o peixinho vermelho não é mesmo dr Inácio?
    Quantos profetas não foram tratados como o peixinho vermelho..inclusive Jesus..que tb disse..se vcs não acreditam quando vos falo das coisas da terra..como vão acreditar se eu vos falar das coisas dos céus?
    Como vemos dr Inácio..
    Muitos de nós preferimos viver nas trevas da ignorância...buscando cargos..títulos transitórios..afundando na lama das ilusões..
    Kardec/Chico era um peixinho vermelho...
    E nós...
    Somos o peixinho vermelho ou somos os peixes resistentes..acomodados..iludidos?
    Obrigada
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Dr Inacio..so mais uma coisinha..
    Eu acho maravilhoso a gente estudar livros..refletir..aprender..
    Mas também não vamos esquecer de ler..estudar..descortinar as escrituras de nossa alma..pois senão como na lenda do peixinho vermelho..ficaremos presos a muitos que se acham em posse da verdade..e que no fundo são apenas prisioneiros de *pontos de vista*..
    Porque como o próprio mestre Jesus ensinou:
    O Reino De Deus..não está aqui..ali..acolá..pois que O Reino De Deus está dentro de vós..
    Então dr Inácio...não fiquemos presos como os outros peixes..a religiões..intitulacoes..formulações..
    Não existe reino dos espíritas..espiritualistas..evangélicos..catolicos..muçulmanos..etc..etc..etc..
    Existe O Reino De Deus...e com certeza é o reino da sabedoria e do amor..❤⚘

    ResponderExcluir
  6. Foi um prazer estudar Nosso Lar pelo blog, desde Fevereiro 2017 toda segunda abro o atalho deste blog no meu favoritos leio, estudo, reflito e depois passo para o grupo mediunico as conclusões do estudo.
    Parabéns e vamos ao proximo livro.

    ResponderExcluir
  7. Bom dia, boa semana. Estaremos juntos aprendendo mais um pouquinho...
    Cirineu Carapicuiba SP

    ResponderExcluir
  8. Ah !!! Dr Inacio, amo toda a obra de André Luiz, mas Libertação e o meu preferido. OBRIGADO por estuda - lo conosco.Te amo.Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. De Anônimo 1 para Anônimo 2

      > Libertação é o meu preferido

      "E a vida continua" do mesmo autor daria uma otima tele-novela, cheia de cenas apimentadas.

      Anonymus Incognitus

      Excluir
  9. Agora que foi decretado o término dos estudos do livro "Nosso Lar", aproveito para agradecer e parabenizar os espíritos (encarnados e desencarnados) que contribuíram para que essas reflexões chegassem até nós internautas. Que venha o próximo livro! Que Deus os abençoe e que Jesus os inspire nessa nova empreitada!

    Vou fazer uma provocação. Me desculpem a ousadia! Odilon, bem que você poderia escrever em paralelo com o Inácio sobre algum outro livro do André Luiz (sobre mediunidade, talvez...). Dar trabalho para os outros é fácil... desculpem a brincadeira... Mas que seria muito bom, isso seria :P

    ResponderExcluir
  10. Dr. Inácio, amigo querido, excelente escolha a obra "Libertação". È um livro repleto de revelações pesadas mas reais, descortinando-nos um mundo que acordados jamais imaginaríamos que existisse. O amigo tem despertado o nosso interesse pela obra abordando-a em vários dos seus livros. Sim, porque ninguém até ao momento se sentiu encorajado a dele falar. Palestras e mais palestras insípidas, ocultando ou desvalorizando ensinamentos contidos nas obras de André Luiz, muito especialmente "Libertação". Esperamos com muita alegria e receptividade as novas aprendizagens. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  11. Ana Lúcia Gobbi30 de maio de 2018 05:56

    Olá, queridos amigos! É muuuuito bom estudarmos juntos! Espero que o Dr. Inácio continue tendo sempre um tempinho para este trabalho tão importante para nós. Obrigada por nos ensinar tanto!Abração da Ana Lúcia Gobbi!
    @}=====`====

    ResponderExcluir
  12. Bom dia meus amigos

    Estou muito feliz com a nova proposta de estudo . Quando comecei acompanhar as postagens no blog o estudo do livro "Nosso Lar" estava em andamento. Agora tenho a oportunidade de seguir do início . Que bom!

    Peço licença para tratar de um assunto discutido pouco tempo atrás .
    A questão do Leymarie (considerado pelo Dr Inácio como o coveiro do Espiritismo na França) reencarnado na figura de conhecido médium brasileiro de renome internacional , que ,evidentemente , todos já sabem de quem estamos falando .

    Acabei de ler o livro "MADAME KARDEC -A História que o tempo quase apagou- por Adriano Calsone.

    Queria saber se os amigos e , ou Baccelli conhecem está obra e o autor e a opinião , se possível . Queria saber se as informações contidas no livro são confiáveis porque fica muito claro toda essa questão , que , realmente, Leymarie "matou" o Espiritismo nascente , no seu berço . E fez isso com uma habilidade muito grande e de forma estratégica , deixando claro o movimento das trevas em sufocar a doutrina a partir da "saída de cena" do Mestre Kardec.
    E quando movemos o nosso olhar para o presente , fica mais claro ainda , que a situação se repete usando a mesma estratégia. As trevas a postos , o "Leymarie" reencarnado à espreita , e quando novamente o Mestre (Kardec /Chico) retorna ao mundo espiritual, inicia a sua tarefa de sufocar novamente a Doutrina , em sua base fundamental -A Caridade - . que se encontra revitalizada pela Obra e Vida do Chico.
    Gente!, é incrível! Da mesma maneira que, pra quem tem olhos de ver , Chico é de fato Kardec, também o médium em questão guarda afinidade com a personalidade "Leymarie".

    Neste sentido queria agradecer ao Dr Inácio e ao Baccelli pela coragem de abrir os nossos olhos para o perigo que corre a Doutrina , e quem perde , se mais uma vez nos deixarmos enganar , somos nós mesmos .

    A tendência à idolatria, a confiança exagerada que , principalmente, os adeptos da FEB depositam em tudo o que diz e escreve o suposto médium contrária em tudo a recomendação dos Espíritos Superiores . Nem Kardec, nem o Chico (versão atual de Kardec) e nem os espíritos que se comunicaram , tanto na França como no Brasil pelas duas personalidades do mesmo espírito , Pretenderam infalibilidade.

    Volto a esse assunto que gerou certa polêmica , não com com o propósito de discussão estéril , mas , porque esse livro me veio à mão e tudo ficou tão claro que estou impressionado.

    Fiquem com Deus

    ResponderExcluir
  13. Cadichon Pirilampo1 de junho de 2018 07:04

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Notícias interessantes sobre "Libertação" (FEB), de André Luiz (AL). Na obra "Deus Conosco" (Vinha de Luz, 3ª edição, nov 2010; 2ª, dez 2008 e 1ª, jun 2007), de Emmanuel, encontraremos pistas interessantes nos capítulos "Os dons de servir" (26-01-1949), "Novo livro de André Luiz" (02-02-1949), "Libertação" (27-04-1949) e "Sobre o 'Libertação'" (07-07-1949). Em 26 de janeiro, Emmanuel psicografou "...Agradeçemos a cooperação com que nos auxiliastes na projeção do novo trabalho de André Luiz, registrando, igualmente, nosso reconhecimento pela história do 'Peixinho vermelho', que tão bem se ajustou aos nossos propósitos de apresentação. Gratos à nossa irmã Wanda pela tradução oportuna e fiel..." Em nota de rodapé, Wanda Amorim Joviano esclarece que "a antiga lenda do 'Peixinho vermelho' consta de um dos livros da médium inglesa Joan Grant, sobre o Egito antigo. Eu a tinha lido, em inglês, e contei ao Chico..." A obra da médium Joan Marshall Grant (1907-1989) denomina-se "Scarlet Fish, and others stories", publicada em Londres (UK) por Metheum and Co em 1942. Parece-nos, que essa mesma lenda esteja também no livro "Winged Pharaoh" (UK: Arthur Barker, out 1937). Na mensagem de 02-02-1949, Emmanuel sugeriu o título de "Portas Libertadas", mas, depois, Emmanuel sinalizou aquela sugestão para "Libertação" (27-04-1949). Essas observações indicam como o Mundo Espiritual visível e o invisível trabalham em sintonia! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:44)!!!

    ResponderExcluir
  14. Boa tarde na paz! Tá tudo certo !! Irmão!! Gérson Cecatto!! Muito bom você ter reacendido o assunto !! Estou também aqui , no aguardo de uma melhor elucidação com relação aos fatos aqui supostos e que, "cobrei " assim como o bom-sendo , também cobra e exige , uma postura mais, digamos , responsável , da parte dos espíritas e mais ainda , dos, ESPÍRITOS!!! O irmão faz ênfase ao livro que acaba de degustar , e, eu faço ênfase ao livro que degustei a uns meses atrás , no auge da discursão : SEMEADOR DE ESTRELAS, que é uma espécie de biografia do Medium Divaldo Pereira Franco, transcrita por Suely Caldas. O qual sugiro ao irmão que , se já não o fez , qye também leia essa obra , para qye embase melhor suas próprias conclusões !! . Eu de minha parte , não tenho nenhum problema em relatar aqui que: Nunca me simpatizei com Divaldo Franco, sempre o tinha como sendo um Médium , DE ELITE, no entanto , apesar de ainda continuar com certa, "antipatia " , mas, em um grau bastante reduzido, após a leitura , atenta dessa biografia de trajetória , tanto do Divaldo como em algumas elucidações também sobre o Espírito que o guia, e qye goza de muito estima dos espíritas , qye é JOANA DE ANGELES. Pois bem , duas elucidações precisam aqui ficar bem definidas : 1 - A de qye , sejamos mais claros com nós mesmos , pois a doutrina dos espíritos , assim exige a cada dia uma melhor postura nesse sentido , e demos sim , nome aos bois ..., não podemos ficar sugerindo a que cada um tire suas próprias conclusões quando se quer um bom relacionamento com o mundo dos espíritos !! Porque , essa relação carece , e muito , de ser cristalina , para um bom e saudável relacionamento! Muitos , não adeptos do espiritismo , usam dessa nossa , talvez , "insegurança " para tentar justificar uma posição , "cômoda " dos espíritas , que gostamos de jogar toda responsabilidade pra cima dos invisíveis !! Nos isentando de qualquer compromisso , como se os invisíveis é que são espíritos e nós, os visíveis , não !!! E, 2 - Que, desvendemos , ou duas ou uma : se de fato , Divaldo seja mesmo jogado " na fogueira da inquisição espírita " ??? Ou , se Suely Caldas e Joana de Angeles, o inocentam diante do tribunal divino !! Porque, sinceramente , pra mim , tá bem óbvio: Nós espíritas , precisamos urgente rever essas nossas "conceitos " de o qye é caridade !?? E mudarmos também nosso conceito arcaico sobre a função e uso do DINHEIRO!! Ou papel moeda de "TROCA ". Não descarto aqui , a mínima possibilidade de estar ENGANADO , mas, esse habito de sopinha e cesta básica ! Pra mim , é tapar sol com peneira "furada".
    Assim, rogo aqui , nesse nosso bendito blog , na luz do nosso Pai MAIOR , e de nosso irmão JESUS!! Qye , estudemos e clamemos aos espíritos sábios e benevolentes , os mensageiros de DEUS! , que nos iluminem e esclareçam nossas mentes sobre o médium :DIVALDO PEREIRA FRANCO!!! Minha consciência assim me exige , eliminar de vez essa antipatia ao médium ! Ou o designar a secretariar LÚCIFER!!!...

    ResponderExcluir
  15. > Ou o designar a secretariar LÚCIFER!!!

    WOW !!! Pesado esta !

    Desculpem-me pegar o bonde andando, mas alguem poderia sumarizar
    porque Divaldo Pereira Franco e Joanna de Ângelis seriam
    agentes das Trevas?

    ResponderExcluir
  16. Cadichon Pirilampo2 de junho de 2018 05:34

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Gerson Cecatto (31-11-2019 11:40) e Dom Tamer (01-06-2018 08:07). No dia 01 de junho, lemos os seus comentários sobre uma determinada personalidade encarnada, que seria a reencarnação de uma personagem da época em que Allan Kardec esteve reencarnado. Nesta oportunidade, não emitimos qualquer "opinião", pois queríamos "ruminar" um pouco as ideias! Hoje, pela manhã, após o nosso café matinal espiritual (prece e leitura de textos), pegamos o livro "Chico Xavier: o médium dos pés descalços" (Vinha de Luz, 1ª edição, abr 2011), de Carlos A. Baccelli (C.A.B), pois havíamos lido algo sobre um determinado médium não indicado nominalmente nas narrativas. Estas encontram-se nos capítulos 20 - "Médium com lápis e com borracha", 22 - O médium visitante, 32 - O médium visitante - II e 38 - Parceria de Emmanuel e Irmão José (página 128 nota de rodapé). No capítulo 22, ler-se-á um trecho muito interessante escrito por Francisco Cândido Xavier (Chico Xavier, 1910-2002): "...Sobre nosso amigo citado em sua carta, o melhor, a meu ver, será envolvê-lo em nossas preces e vibrações do silêncio e simpatia, sem que você se dirija a ele para fins determinados..." (carta datada de 03-03-1987, de Chico Xavier a C.A.B). Acreditamos que essa orientação de Chico é muito oportuna para os nossos "desejos e curiosidades" em torno do assunto que vocês assinalaram em seus arrazoados de Aquém! Gerson Cecatto, leiamos o livro mencionado por você como se lê o caso da possível "traição" de Judas em relação a Jesus Cristo, guardadas as devidas proporções, não é mesmo? Bem, essa é a nossa atual "opinião" e não descartamos a possibilidade de estar enganados! Deus e Jesus Cristo abençoem a vocês e a todos os que se encontram no campo de energia espiritual de vocês! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (09:31)!!!

    ResponderExcluir
  17. Boa tarde meus amigos

    Dom Tamer!De minha parte, preciso dizer que sobre a "figura" Divaldo (o que representa ) não é somente uma questão de simpatia . Não sou mineiro , mas pensa num caboco desconfiado! Quando os benfeitores nos recomendam para não confiar em todos os espíritos , levo isso ao pé da letra . Sempre desconfio primeiro , e chego à confiança a partir da desconfiança . Somente não consegui desconfiar do Chico e de Kardec ! É incrível! Eu tentava e não conseguia . Estou sendo o mais sincero possível . Desconfio até do Baccelli e do Dr Inácio, mas após um pouco de análise a desconfiança se dobra diante dos fatos . Pelo menos até agora tem sido assim . Preciso dizer que o médium Baccelli me inspira confiança , somente não posso acreditar em tudo sem análise .

    Sobre o médium Divaldo -se estiver enganado me retratarei , aqui ou no mundo espiritual - tudo me parece falso! O teatro nas palestras, a coleção psicológica, os 600 filhos adotivos , o nome do médium vinculado a uma obra assistêncial de grande porte (mansão do caminho,resumindo , o considero um espírito pseudo- sábio , portanto , dos mais perigosos .Mestres na arte de iludir. Me desculpem a franqueza , mas é tão claro pra mim!... É só comparar com a "figura" do Chico . Um é a imagem da Humildade e o outro a personificação da vaidade .

    Quando o Dr Inácio falou mais claramente sobre Divaldo ser a reencarnação de Leymarie, fui atrás de saber de quem se tratava (até então nada sabia ). Aí esse livro -MADAME KARDEC - caiu nas minhas mãos . E vou dizer pra vocês , meus amigos, a semelhança e muito grande , a ponto de estar lendo a História de um e pensar no outro . Interessante que acontece o mesmo com Chico e Kardec , com a diferença , que vejo Chico/kardec de um lado e Divaldo/Leymarie de outro . opostos.

    Tudo começou quando fiquei sabendo sobre a carta de Chico denunciando Divaldo por Plagio. Primeiro pensei no porque o Chico faria isso . Nesta época já reconhecia o Chico como Espírito Superior , portanto , incapaz de um atitude como essa por mágoa ou melindre . Aquele que nunca revidou a uma a uma agressão, que sempre aceitou calado todo tipo de insulto , não agiria assim . Também descartei a possibilidade de estar agindo desta forma por auto defesa .O Chico não se defendia !,os seus atos é que o defendiam. Rapidamente conclui que se tratava de "defender" a DOUTRINA ESPÍRITA. Logo , o acusado de plágio seria um inimigo da Doutrina e não , propriamente do Chico . A Doutrina estava em perigo!

    Estas outras coisas só vieram a confirmar o que expus .

    Então é isso pessoal . Esta dito!

    Fiquemcom Deus


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. boa tarde!!, na paz!!, tá tudo certo!!. Irmãos, Cadin-Piri e Gerson Cecatto. Vou também aproveitar para tripeta o dialogo.
      Cadin-piri. A situação , "desconsertante" , já se arrasta desde a publicação do "Veio" Inácio, quando se referiu a possível encarnação atual de Leymarie. Onde, "todos" aqui se calaram, e eu sugeri a Leitura do Livro Semeador de Estrelas, na ansiedade de um debate aqui, e um melhor, entendimento dos fatos, tendo em vista que: Entendo, ninguém melhor, e em mais sustentação hoje, do MAIS ALTO, para levantar nesse momento esses fatos aqui no Brasil, do que, INÁCIO FERREIRA. E em segundo, pela própria situação hoje estamos vivendo e que sabedores somos da atual condições de transição planetária. Que muito exige, ELUCIDAÇÕES e não mais ACHISMOS ou sugestões de SITUAÇÕES. Porque, OS PRÓPRIOS INVISÍVEIS, nos cobram uma melhor postura nesse sentido. O tal " ... vigiai, inclusive os pensamentos...", diz tudo. não adianta ficar aqui, levantando um VÉU e descortinando sem falar as claras nomes dos BOIS, pois, nossos pensamentos , já assim o fizeram..., certo!!?
      Então, vamos la: O que mais me intriga, nessa questão, é sobre a GUIA DO MÉDIUM ( DIVALDO), pois, Joana de Angeles, goza no meio, tanto, visível/invisível, de uma ALTÍSSIMA MORAL, então, se assim for, estaria ela também sendo "iludida"???, e a também médium, Suely Caldas, quem fez toda a pesquisa e "reportagens", para transcrever o livro ?. seria então, tudo "MENTIRA", o livro SEMEADOR DE ESTRELAS ??. minha inquietação, está por demais aguçada com relação a essa questões de DIVALDO/LEYMARIE. Entendo que, nada hoje, seja mais importante para a própria condição de sustentação da DOUTRINA ESPIRITA no Brasil, do que as ELUCIDAÇÕES DESSES FATOS. por isso, ROGO, a que busquemos aqui, mais debates, de forma doutrinaria, e coração desprovidos de paixões mais aguçadas e fora de bom-senso, para que, sejamos aqui, os multiplicadores em nossos Centros Espiritas de tais questões. Porque, a Doutrina assim o pede: "..., sejamos trabalhadores de ultima hora...", sem medo, e na coragem de fazer valer a VERDADE!!!. Porque, essa é a palavra de ordem na Doutrina dos Espíritos!! JUSTIÇA E VERDADE!!.
      Nobre irmão Gerson Cecatto, sua maneira de ser " mineirinho", comungo com ela, kkkkkkk, não pelo fato de desconfiar de tudo, mas sim, porque, sempre tenho esse principio, o de que, não creio nessa historia, de que, um grupo tem de obrigação aceitar um iniciante , mas sim, o iniciante é quem deve se fazer por onde ser aceito pelo grupo. Sigo as instruções e o modelo de comportamento dos nossos amados, animais, ditos "irracionais", pois assim eles agem, e não creio sejamos tão diferentes deles, muito pelo contrario, temos de aprender com eles. Outro detalhe: Não se trata de "desconfiar de Inácio ou Baccelli, ou outro, trata-se simplesmente de: DIFERENÇAS DE OPINIÕES: Eu mesmo, já disse isso aqui. Não concordo com Inácio , quando ele se refere a ascensão DIRETA de Jesus a Deus, pra mim, Jesus, percorrer todos as "fases" que todos nós, certamente, em velocidades milhões de vezes mais rápidas que a nossa, mas, percorreu..., e isso, é apenas uma questão de opinião, pois, como na época disse o irmão Cadin-Piri, "... você tem esse direito de livre pensar e discordar..." kkkkkkkk Então, Gerson, não se avexe com isso não!!. Certamente, Inácio Baccelli, não se melindrarão com isso, acredito até que , gostam muito. E vou lhe dizer mais viu, pode até ser que esteja Inácio, Errado com relação a isso, kkkkkkkkkkk. Só faltou quando ele fez essa colocação ter juntado "Não descarto a possibilidade de estar enganado" kkkkkkkkkkkk. De resto, eu, rogo a quem puder ler o livro SEMEADOR DE ESTRELAS, que o façam, e tragam para esse nosso, bendito blog, suas opiniões ou até mesmo, quem puder obter opiniões dos invisíveis sobre o assunto, que também tragam para cá, porque, precisamos saber; QUEM É DE FATO - DIVALDO PEREIRA FRANCO???

      Excluir
    2. Bom dia meus amigos

      Entendo a sua angústia Dom Tamer. A tempo me sinto assim , sem saber como proceder . Na medida que as coisas começaram a ficar , cada vez, mais claras , a coragem de tratar abertamente do assunto aumentou .

      Quando tenho dúvidas me calo . Mas algumas coisas resolvo rapidamente .
      Por exemplo : quando me falaram dos evangelhos de Roustaing ,automaticamente me veio a pergunta; porque mais evangelhos? Já fiquei MUITO desconfiado . Quando vi que pretendia ser a "revelação da revelação" já resolvi o assunto. Não precisava mais nada ! Roustaing pretendia rivalizar com a codificação de Kardec e até superá-lo. Kardec transpirava Humildade e sabedoria e Roustaing presunção e vaidade . Entendeu ? , meu amigo.
      Com Pietro Ubaldi usei o mesmo processo e também ficou claro a tentativa de se sobrepor a Kardec .

      Isso não invalida o que de Bom eles fizeram. Mas é exatamente aí que está o problema.

      As "idéias" que vão sendo enxertadas com o propósito de desvirtuar , lentamente , a IDÉIA MÃE do Espiritismo que é FORA DA CARIDADE NÃO HÁ SALVAÇÃO.

      Quem procurar ver desta maneira , não terá dificuldades em desmascarar "Divaldo". Não estou falando da pessoa e sim do que Ele representa.

      Não posso afirmar que Ele e as pessoas que o rodeiam usa de Má intenção , ou estão sob processo de fascinação. Isso não sei. Mas o desvirtuamento do Cristianismo Redivivo na sua feição de simplicidade como a revivescência do Cristianismo dos tempos Apostólicos é clara e notória .

      Lembrando que os adversários do Cristo são astutos e agem de forma sorrateira e sutil a ponto de "SE FOSSE POSSÍVEL ENGANAR ATÉ OS ELEITOS DO SENHOR".

      Esse alerta de Jesus significa que não podemos ser ingênuos! Precisamos estar sempre alerta desenvolver a capacidade de "VER" além das aparências.

      Abraços e fiquem com Deus

      Excluir
  18. Boa noite meus amigos

    A prática da caridade!

    Quanta polêmica em cima do tema.

    Com sinceridade não consigo entender porque .

    Será que ainda estamos com a idéia antiga e equivocada de que caridade é ajudar os outros?

    A primeira coisa que aprendi no espiritismo foi que caridade é ajudar a si mesmo . O irmão que me iniciou no espiritismo (já desencarnou) , sempre repetia , quando fazíamos alguma doação de alimentos ou roupas , calçados , etc, "agradeça mentalmente a esse irmão ou irmã". O necessitado é você é não ele! Então logo cedo na Doutrina entendi que a Caridade é combater o egoísmo em si mesmo. Criar obstáculos à prática da caridade com sofismas do tipo "é melhor ensinar a pescar do que dar o peixe" é perder tempo , tempo que nos é caro .

    A questão nunca foi o prato de sopa em si , apesar de que pra quem está com a barriga vazia faz muita diferença. Mas , o principal é que o prato liga quem da ao que recebe . Dois irmãos muitas vezes separados pela indiferença. Olhar no olho de quem passa por dificuldades maiores que as nossas faz vibrar de forma diferente o nosso coração . Estudar , participar de congressos e até mesmo esse bate papo aqui no blog , que é valioso pra mim, não aumenta os valores do coração . É só o contato com os considerados sofredores que renova os sentimentos .

    Me lembro de ter lido o comentário da Modesta ou da Domingas (espírito inferior tem memória ruim , mas os leitores das obras do Baccelli vão lembrar) que dizia que trocaria todas as palestras e cursos que tinha feito por uma única oportunidade de servir um prato de sopa ou aplicar um passe a um doente .

    Em vários momentos o Baccelli ou algum dos espiritos que por ele se comunicam falam que nada fazia o Chico se afastar dos sofredores.
    Como bom aluno , logo entendi que o nosso maior aprendizado está exatamente aí .

    Em nossos grupos de estudo procuramos repetir com frequência que estudamos com o propósito de melhor .

    Sei que tenho muito a aprender com os amigos do blog e deixo aqui esse comentário aguardando elucidações maiores e mais completas sobre o assunto.

    Fiquem com Deus



    ResponderExcluir
  19. Cadichon Pirilampo6 de junho de 2018 06:34

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Gerson Cecatto (04-06-2018 20:26). Destacamos a sua frase: "...Em vários momentos o Baccelli ou algum dos espíritos que por ele se comunicam falam que nada fazia o Chico se afastar dos sofredores....". Este seu pensamento vivíssimo faz-nos lembrar da equipe de estudos mediúnicos da qual participávamos! Depois de algum tempo de preparação sintônica (em sintonia), percebemos que o grupo necessitava de realizar uma tarefa externa aos centros espíritas que frequentávamos! Nossos Irmãos Espirituais aprovaram a iniciativa e alertaram sobre as dificuldades que encontraríamos ao longo do tempo! Se na reunião comentávamos algum problema enfrentado, eles respeitavam nosso livre arbítrio nessa atividade! Aprendemos muitíssimo com eles! Deus e Jesus Cristo abençoem a você e a todos no seu campo de energia espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:32)!!!

    ResponderExcluir
  20. Boa tarde Queridos Baccelli/ Ferreira e Todos

    Luz e Amor ✨💖

    Algumas coisas incomodam, como a história de plagiar um livro inteiro de Chico Xavier, pois isso é roubo, e antes de Kardec e até mesmo de Jesus Cristo, isto opõe-se as Leis Divinas.

    Não apenas isso, outros roubos aconteceram como, por exemplo, um vídeo de Chico de Xavier que dizia se Chico pudesse deixar um conselho para as pessoas, Chico Xavier discorre sobre o Amor e Amar ao seu próximo, as palavras de Chico deste vídeo que foi muito divulgado, também, foram plagiadas sem ao menos citar que eram palavras de Chico Xavier.

    O porque de citar Chico Xavier ? Porque como disse Kardec: “ Não há fé inabalável senão aquela que pode encarar a razão face a face, em todas as épocas da Humanidade” (Livro de Allan Kardec: O Evangelho Segundo o Espiritismo, Araras (SP): IDE, 352 ed., 2008.).

    Então, a razão é fundamentada na ciência, e a ciência não dá saltos, também evolui e desenvolve-se com os nossos esforços (Claro que recebemos muita ajuda da espiritualidade + Luz espiritual).
    Portanto, a história, os acontecimentos, os marcos históricos seguem uma linha de tempo de evolução e não podem ser excluídos ou ocultados pois esses são pontos de Luz nesta nossa Terra amada que nos proporciona infinitas possibilidades de evoluir.

    Assim, citar e fazer Referências são imperativos para construção da Ciência e estar de frente com a razão. Negar isso significa opor-se a Ciência, a evolução.

    O mais importante, a essência deixada foi os ensinamentos deixados no Amor e Paz de Jesus Cristo.

    Após, o Amor passado na razão por Kardec em que se fundamentou o Espiritismo e continuou-se vivenciado por Chico Xavier em suas obras escritas e experimentadas em que a mente por meio do equilíbrio de pensamento e o coração sempre foram guiadas e exemplificadas no Amor.

    Um semana de Luz e Bênçãos Divinas !


    Um abraço
    Beijos de Luz
    Cristiane Sonia Arroyo
    Ribeirão Preto - SP

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo11 de junho de 2018 19:32

      Boa noite, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Cristiane Sonia Arroyo (09-06-2018 10:42). Parabenizamos a sua participação esclarecendo a questão de plágio no movimento espírita. Não é somente em nosso meio, mas também na sociedade atual e, principalmente, empregando a Internet. As pessoas (espíritos, gentes, mentes, etc...) estão habituando-se a copiar frases e páginas inteiras de obras A, B ou C, sem mencionar as fontes verdadeiras. Não cuidam de zelar pela boa prática que você destaca em seu arrazoado de Aquém! Recentemente, num determinado canal de divulgação espírita, identificamos uma suposta mensagem sinalizada como pertencendo a um Espírito invisível, quando, na verdade, a mesma é de autoria de um Espírito encarnado perfeitamente indicado. O problema é que a maioria das pessoas não quer pesquisar a veracidade de um conteúdo e declaram que esse conteúdo é o mais importante na comunicação e é bonito! Outra comunicação sobre religiões indicando a autoria de um nobre irmão desencarnado que foi ligado à Igreja Católica foi divulgada pelo WhatsApp. Pesquisando aquele conteúdo pelo Google não identificamos a fonte como sendo aquele irmão e sim o texto de autoria de um físico brasileiro! Bem, paremos por aqui! Parabéns pelo seu texto! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (23:29)!!!

      Excluir