segunda-feira, 8 de outubro de 2018


XX – REFLEXÕES SOBRE O LIVRO “LIBERTAÇÃO” – ANDRÉ LUIZ/CHICO XAVIER

O capítulo IV do livro “Libertação” – “Numa Cidade Estranha” –, sem dúvida, é um dos mais interessantes e reveladores do livro, pois, na companhia de Gúbio e Elói, André Luiz visita a Dimensão das Trevas, que é uma Dimensão Subcrostal.
Chico Xavier dizia que quando tinha oportunidade de “enxergar” os diferentes Mundos, era como se ele “enxergasse” uma bola dentro de outra – uma bola de gude dentro de uma de beisebol, uma de beisebol dentro de uma de futebol de salão, uma bola de futebol de salão dentro de outra de futebol de campo, e, assim, sucessivamente.
*
Estudando os livros de André Luiz – repetimos –, percebemos que ele leva o leitor a realizar uma “viagem no tempo” – quando, por exemplo, escreve “Nosso Lar”, ele conduz a mente do leitor ao futuro, mas quando escreve “Libertação”, conduz a mente do leitor ao passado... Claro que a referida “viagem no tempo” é realizada tomando a Terra como ponto de referência – a Terra é o tempo presente, onde o leitor das obras de André Luiz se encontra situado.
Inclusive, já tivemos oportunidade de afirmar, necessitamos de pluralizar o Mundo Espiritual – são Mundos Espirituais, sendo que a Terra não passa de ser mais um deles! Assim como o corpo físico nada mais é que um de nossos inúmeros corpos espirituais, ou perispíritos!...
Simples assim.
*
André relata: “Após a travessia de várias regiões ‘em descida’, com escalas por diversos postos e instituições socorristas, penetramos vasto domínio de sombras”.
A descrição que é feita a seguir nos transmite a impressão de que os três amigos – André, Gúbio e Elói – estão voltando à Terra da Idade Média – exceção feita à Natureza, que o autor espiritual fará questão de retratar com detalhes.
Esse “em descida”, colocado entre aspas, é muito interessante, porquanto, a rigor, quem saberá dizer o que fica em cima e o que ficam abaixo, o que fica a direita ou o que fica à esquerda... Mais uma vez, notemos um dos principais postulados da Física Quântica confirmado: o objeto observado depende do observador... Tal constatação do Mundo da Física vale, igualmente, para o Mundo Moral.
*
Descrevendo a paisagem desoladora com que eles se deparam, logo após atingirem a meta e “pisarem chão firme”, André registra:
“A claridade solar jazia diferenciada.
Fumo cinzento cobria o céu em toda a sua extensão.
A volitação fácil se fizera impossível.
A vegetação exibia aspecto sinistro e angustiado. As árvores não se vestiam de folhagem farta e os galhos, quase secos, davam a ideia de braços erguidos em súplicas dolorosas.”
Tentemos interpretar o texto acima: o Sol era o mesmo, porém quase encoberto por nuvens escuras – certamente, de acentuada poluição física (incêndios) e psíquica – das formas-pensamento que pairavam na psicosfera...
Natureza sofrida.
Com certeza, pouca água.
Entre espíritos sofredores, até a Natureza sofre.
Notemos, ainda, que, em quase tudo, a Dimensão é semelhante à da Crosta – Sol, vegetação, árvores, aves agoureiras, répteis (como haveremos de ver no próximo estudo)...
Um ambiente de desolação.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 8 de outubro de 2018.






16 comentários:

  1. Bom dia e boa semana a todos, com tudo o que André revelou destes outros mundos percebo cada vez mais que ainda foi levantada apenas a ponta do véu. É verdade que quatro capítulos foram retirados deste livro por não terem sido aceitos pela a FEB???
    Cirineu.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo8 de outubro de 2018 13:26

      Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Cirineu (08-10-2018 01:25). Nobre pessoa, na sua participação você questionou "...É verdade que quatro capítulos foram retirados deste livro por não terem sido aceitos pela a FEB???" Ficamos impossibilitados de auxiliá-lo porque você não mencionou o autor e a fonte de onde você leu essa observação. Não mencionando a fonte e o autor, não parece que fica no ar algo como uma possível adivinhação? Por gentileza, esclareça melhor o seu pensamento! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (17:23)!!!

      Excluir
  2. Bom Dia Dr. Inácio e Baccelli. Umas dúvidas: seria a vegetação desse lugar seres em evolução ou produto apenas da mente dos espíritos sofredores desse lugar? E os animais? Seres espirituais caídos na forma ou animais em evolução? Ou as 2 coisas ao mesmo tempo? Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo8 de outubro de 2018 13:17

      Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Pascale (08-10-2018 02:36). Permita-nos auxiliar, embora não estejamos especificamente indicados pelo Dr. Inácio Ferreira (IF) e/ou pelo médium C.A.B.! Acreditamos que as suas dúvidas poderão ser solucionadas lendo o capítulo 45 - Flora e fauna no Além da obra "Espírito é Gente!" (LEEPP, 1ª edição, out 2014)! IF psicografou, no primeiro parágrafo: "A Natureza, como não poderia deixar de ser, igualmente se faz presente no Mundo Espiritual. Contamos com ricas e diversificadas flora e fauna..." Mais adiante, ele nos direciona para a pergunta 591 de "O Livro dos Espíritos". Três parágrafos adiante, ele transcreve parte do trecho "Libertação", capítulo IV de "Libertação": "...A vegetação exibia aspecto sinistro e angustiado. (...) Aves agoureiras, (...), crocitavam em surdina, (...)". No parágrafo seguinte, IF menciona trecho do capítulo 7 de "Nosso Lar". Por fim, finaliza pensando "...Agora, aos espíritas ortodoxos, só falta dizer que a Natureza no Mundo Espiritual também é uma criação da mente e que, portanto, não possui existência real." Lendo todo o capítulo referido, certamente, suas dúvidas serão sanadas! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (17:14)!!!

      Excluir
    2. Obrigada pela resposta. Valeu!

      Excluir
    3. Bom dia meus amigos !

      Pelo que temos estudado sobre o assunto , encontramos as duas situações. Parece que os reinos encantados se concretizam em nossa mente . A ficção torna-se realidade ,e a realidade relativa se apaga , devagarinho , a cada dia mostrando -se mera ilusão dos sentidos . Não podemos parar com os exercícios de expansão da Mente .
      Pelas revelações dos Espíritos amigos , fica claro que a natureza (fauna e flora) se desdobra nas mais variadas expressões, nas diferentes esferas espirituais. É natural que seja assim ,pois a evolução não dá saltos . O Dr Inácio diz que muitos tem dificuldade de entender o "mundo espiritual " devido à imagem de "céu" ,que , ao longo dos séculos alimentaram ; um céu vazio e tedioso, desprovido de tudo.
      Nas esferas inferiores veremos a natureza rude e sofrida e nas esferas mais elevadas veremos o aperfeiçoamento das formas , a beleza e a delicadeza .

      Mas acredito que a Irmã Pascale também se referiu à questão dos Espíritos que retrogradaram na "forma" , apresentando -se na condição de homens/animais e homens/árvores. A primeira situação é, relativamen comum , pois , vários autores , principalmente André Luiz , já apresentaram . A segunda, (homens/árvores) lembro claramente de referências em uma das obras do Dr Inácio. Não recordo qual. Peço ajuda ao amigo Cadichon Pirilampo nesse sentido. Estou procurando ,mas ainda não encontrei. Lembro que é uma das mais recentes . Talvez 2 a 3 anos atrás.

      Peço que os irmãos desenvolvam mais o assunto que é muito interessante.

      Obrigado!

      Fiquem com Deus!

      Excluir
    4. Cadichon Pirilampo11 de outubro de 2018 04:18

      Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Gerson Cecatto (10-10-2018 04:42). Você escreveu "...A segunda (homens/árvores) lembro claramente de referências em uma das obras do Dr Inácio. Não recordo qual..." Permita-nos auxiliar, mais uma vez. Imaginamos que a referência desejada seja o capítulo 11 de "Anjos Decaídos" (LEEPP, 1ª edição, jun 2014, página 90), no qual Inácio Ferreira (IF) psicografou "...Aproximei-me daquele aposento individual, imitando uma cela, e deparei-me com o paciente que a ocupava totalmente em transe. Olhos revirados nas órbitas e com o corpo transfigurado, feito um galho de árvore retorcido, falou, ..." Certamente, essa obra você está lendo ou leu-a em alguma oportunidade. Uma curiosidade sobre ela é que contém observações sobre o "Libertação", escritos esses citados nas reflexões do IF neste blog, não é mesmo? Acreditamos que os livros "Entre a Sombra e a Luz" (LEEPP, 1ª edição, 2001; 5ª edição, out 2006), "As duas Faces da Vida" (LEEPP, 1ª edição, set 2002), "No Interior da Terra" (LEEPP), de Paulino Garcia, e "No Limiar do Abismo" (LEEPP), de IF, podem ampliar sua compreensão sobre esses assuntos! Como você mesmo assinalou outros autores também escrevem a respeito dessas notícias! Não se esqueça de que a leitura e releitura continuada favorecem a sua memória e a nossa também! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (09:15)!!!

      Excluir
  3. Boa tarde !

    Também usamos esse exemplo das bolas Dr Inácio/Baccelli para explicar as várias esferas espirituais .
    Interessante lembras que as esferas não são ocas como as bolas . Dessa forma somente com uma "visão quântica" das esferas é que conseguimos colocar umas dentro das outras.
    Outra maneira interessante e prática é imaginar um prédio de vários andares ,onde cada andar representa uma esfera ou dimensão. Se não me engano o Dr Inácio usou esse exemplo em um de seus livros.

    ResponderExcluir
  4. Bom dia Dr.Inacio e Baccelli!!
    Excelentes reflexões!!
    Agradeço!!
    Excelente dia e semana para todos nós!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!! \O/

    ResponderExcluir
  5. Aécio Emmanuel César8 de outubro de 2018 13:29

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Com certeza a Criação Divina tem seus mistérios revelados por espíritos à altura de compreendê-los e de fazer com que compreendamos também. Tudo simples na linguagem andreluiziana, mas ao mesmo tempo tão complicada para aqueles que se acomodam apenas na letra que mata. Obrigado Dr. Inácio por mais uma aula. Forte abraço.
    Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  6. Querido Dr. Inácio, conforme eu já havia dito, em breve a minha querida amiga Bolinha estaria a caminho da chacara São Franciso em Uberaba espiritual. Pois bem, nesse momento ela está em procedimento de eutanásia devido a doença terminal, ela é velhinha,14 anos, sendo um exemplo de bondade e lealdade. Peço seus cuidados para com essa grande amiga. Muito obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Olá, Baccelli!! Olá Dr. Inácio!!!

    Nossa só queria dizer que adoro seus livros!!! Estou muito feliz com os aprendizados, cada tapão na cara, aiiii to muito crua ainda, mas minha preguiça vai ser curada!!! Toda vida que vejo uma vassoura, lembro do senhor, obrigada de verdade!!! Eu sou muito grata pq eu morria de medo de espíritos e confesso que tenho ainda, mais menos, bem menos!!!! Já li 4 livros de vcs e olha eu detestava ler!!! Tem sido tão tão gratificante. Eu ainda tenho um longo caminho pela frente, mas eu tenho melhorado, falta ainda curar muita coisa além da preguiça, o medo, a tristeza e a estima. Mas não posso me cobrar demais, estou longe de ser uma missionária, mas quero sim, melhorar e agradeço por tudo e de todo o meu coração, Que a espiritualidade possa cada vez mais falar conosco e nos alertar do nosso caminho. Somos ainda muito ignorantes. Ainda bem que Deus nos perdoa. Que Jesus continue a nos iluminar, abraços e fiquem em paz.

    ResponderExcluir
  8. Dr. Inácio, essa cidade estranha é assustadora! Sabemos que a ignorância das Leis de Deus e o desconhecimento dos ensinamentos da Doutrina Espírita, ou seja, do Cristianismo, podem nos arrastar para sofrimentos inenarráveis por tempo indeterminado, por séculos e séculos. O livro "Libertação", não obstante os ensinamentos valiosíssimos que contém, não é contemplado pela minha simpatia. Contudo, já o li algumas vezes, porque nos alerta para a necessidade de nos renovarmos sucessivamente, despertando a consciência para as escolhas refletidas, evitando nos comprometer com a intransigente e insubornável Lei. Quanto menos nos comprometermos menos sujeitos a consequências dolorosas. Todos os dias eu agradeço a Deus a bênção da Doutrina que me protege do cometimento de erros graves. Vou administrando o dia a dia confiante na proteção dos espíritos amigos. Tudo farei para não ser levada para essa morada. Que Jesus vele por todos nós. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  9. Bom dia Dr. Inácio
    Que Jesus nos abençoe!
    Gostaria de saber quanto tempo se vive na esfera em que o Dr. Inácio se encontra? Um grande abraço fraterno. Maria Zilda

    ResponderExcluir
  10. Cadichon Pirilampo15 de outubro de 2018 04:19

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Maria Zilda Marcomini (13-10-2018 04:26). Permita-nos auxiliar, embora não estejamos indicados, direta ou indiretamente, pelo Dr. Inácio Ferreira (IF) e/ou pelo médium C.A.B.! Você questionou "...Gostaria de saber quanto tempo se vive na esfera em que o Dr. Inácio se encontra?..." Num primeiro momento, esclarecemos que a esfera em que IF vive atualmente é uma das muitas Dimensões Espirituais existentes conforme se lê em "A Casa de Meu Pai..." (Jo 14:2 - LEEPP, 1ª edição, abr 2013; "O Evangelho segundo o Espiritismo"-III) e obras como "Mundo Espiritual é Planeta!", "Um Mundo Espiritual chamado Terra"! Esse tempo de vivência está subordinado à necessidade do Espírito permanecer nessas esferas (dimensões) adquirindo experiência para cumprir missões ou tarefas em outras dimensões do Universo do Pai Celestial! Deus, Jesus Cristo e os Bons Espíritos abençoem-na nesses seus estudos e pesquisas espirituais! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (08:15)!!!

    ResponderExcluir