segunda-feira, 29 de outubro de 2018


XXIII – REFLEXÕES SOBRE O LIVRO “LIBERTAÇÃO” – ANDRÉ LUIZ/CHICO XAVIER

Na sequência de nossas reflexões sobre o capítulo IV de “Libertação”, Gúbio, elucidando dúvidas de André Luiz e Elói, afirma:
“Já perambulamos por estes sítios sombrios e inquietantes, mas os choques biológicos do renascimento e da desencarnação, mais ou menos recentes, não te permitem, nem a Elói, o desabrocho de reminiscências completas do passado.”
Quantos de nós outros não teremos, igualmente, perambulado pelas regiões inferiores do Mundo Espiritual, emergindo, lentamente, do pântano de nossos erros?! Quantos de nós, talvez, não tenhamos, por ação da Divina Misericórdia, delas saído para a Terra, ou para outra Dimensão, e, quem sabe, após a experiência vivenciada, haveremos de para elas regressar?! Quantos não são os que, escondidos sob a forma humana, ainda não passam de seres capazes de cometer despautérios que os nivelam aos “draconianos”, descritos por André Luiz?!
*
De repente, segundo o autor espiritual, eles começaram a ouvir uma música exótica...
Vejam: até o gosto musical com o qual ainda nos identificamos não deixa de nos manifestar a evolução do espírito... Naqueles “sítios” a música era primitiva – exótica, quanto exóticos são os sons de diversas expressões musicais no orbe terrestre, que, por vezes, levam as multidões ao delírio e à insanidade, induzindo ao consumo de drogas e à devassidão...
*
Gúbio recorda a André e Elói que deveriam permanecer em atitude de vigilância e oração, esclarecendo:
“Em qualquer constrangimento íntimo, não nos esqueçamos da prece. É, de ora em diante, o único recurso de que dispomos a fim de mobilizar nossas reservas mentais superiores, em nossas necessidades de reabastecimento psíquico. Qualquer precipitação pode arrojar-nos a estados primitivistas, lançando-nos em nível inferior, análogo ao dos espíritos infelizes que desejamos auxiliar.”
Sim! Quantas vezes o homem se deixa encolerizar com facilidade, permitindo-se influenciar pelas circunstâncias adversas, em vez de lograr influenciá-las?! Uma simples discussão pode degenerar em agressão, e, não raro, culminar com a prática de um crime... É que a linha divisória que nos separa da “fera” que, ainda ontem, fomos, é muito frágil, e com facilidade pode ser ultrapassada... Se Gúbio, elevado Instrutor mantinha-se vigilante neste sentido, o que podemos dizer de nós outros, encarnados e desencarnados, que ainda não nos encontramos enraizados em nossas convicções de ordem superior?!...
*
- “Em minutos breves – narra André – penetramos vastíssima aglomeração de vielas, reunindo casario decadente e sórdido.”
Construções típicas da Alta Idade Média...
Insalubridade...
Esgoto correndo a céu aberto...
- “Rostos horrendos, contemplavam-nos furtivamente, a princípio, mas, à medida que varávamos o terreno, éramos observados, com atitude agressiva, por transeuntes de miserável aspecto.”
Com certeza, embora materializados, Gúbio, André e Elói exibiam uma fisionomia diferente, com traços que chamavam a atenção daqueles espíritos, que os espreitavam movidos por intenções diversas...
- “Mutilados às centenas, aleijados de todos os matizes, entidades visceralmente desequilibradas, ofereciam-nos paisagens de arrepiar.”
Quanto mais inferior a Dimensão em que a Vida se manifesta, mais sofre a forma em que ela se expressa.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 29 de outubro de 2018.

17 comentários:

  1. Bom Dia Dr. Inácio e Baccelli. Importante que não esqueçamos o Príncipe da Paz, ou seja: o próprio Jesus. Nosso cérebro animal situa-se nas bordas do nosso eu, ameaçando saltar para fora em qualquer circunstância que nos desagrade. Excelente lembrança nesses estudos. Bjs.

    ResponderExcluir
  2. Aécio Emmanuel César29 de outubro de 2018 05:13

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Mais uma aula que temos nessa semana para analisar e refletir. Mesmo com uma alimentação que ainda não me cabe precisar, o organismo desses espíritos digeria o que nesse ambiente precário de tudo? Essa é a minha dúvida. Caso possam responder-me desde já agradeço. Forte Abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde!! Na paz! Tá tudo certo!!!. Moço!!!, faça essa pergunta não!!! " ...digeria o que nesse ambiente precário de tudo?...". Tomara que essa resposta, não venha...

      Excluir
    2. Cadichon Pirilampo30 de outubro de 2018 06:03

      Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Aécio Emmanuel César (29-10-2018 05:13). Permita-nos auxiliar, embora não estejamos indicados diretamente pelo Dr. Inácio Ferreira (IF) e/ou pelo médium C.A.B. Você questionou "...Mesmo com uma alimentação que ainda não me cabe precisar, o organismo desses espíritos digeria o que nesse ambiente precário de tudo? Essa é a minha dúvida..." Acreditamos que o IF tenha respondido algo sobre esse fato apontado por você quando psicografou "No Limiar do Abismo" (LEEPP, 1ª edição, fev 2007, capítulo 25 a 27)! Em outras oportunidades, neste blog e em livros, IF esclareceu-nos sobre o "...organismo desses espíritos...", que é o corpo espiritual (perispírito, psicossoma, etc.)! Parece-nos, também, que, quando ele descreve algo sobre essas regiões espirituais infelizes, IF narra o mecanismo (o como funciona) o laboratório do Planeta (Mundo) Espiritual chamado Terra, não é mesmo? Por isso, seria interessante que navegássemos no conteúdo de "O Livro dos Médiuns", 2ª Parte, capítulo VIII - Laboratório do Mundo Invisível e "A Gênese, os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo", capítulo XIV - Os Fluidos. Nesse tipo de questionamento, sugerimos a leitura do artigo "O frigorífico que produz carne sem matar uma ave" (17-10-2018 - Ciência), de Regan Morris e James Cook e publicado no BBC Brasil. Pensemos...pensemos e pensemos!!! Seja feliz nessa sua busca de respostas! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (09:56)!!!

      Excluir
    3. Aécio Emmanuel César31 de outubro de 2018 04:35

      Obrigado pelo carinho da atenção e pela resposta esperada Cadichon Pirilampo.

      Excluir
  3. Bom dia Dr.Inácio e Baccelli!!
    Bela Reflexão!!
    Agradeço!!
    Excelente dia e semana para todos nós!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!!
    \O/

    ResponderExcluir
  4. Aécio Emmanuel César29 de outubro de 2018 06:46

    Bom dia Baccelli. Por onde anda Dr. Inácio? Estou com saudades dele. Fazendo novo livro da sua lavra? Espero que sim. forte abraço.

    ResponderExcluir
  5. Bom dia a todos !

    Obrigado Baccelli/Inácio pelo benefício do esclarecimento!

    Que beleza conseguir ver a Terra como um grande "Edificio" com seus andares/esferas conectados uns aos outros , onde os andares de "baixo" representam o passado e os andares de "cima" O futuro da humanidade . Dos que aqui se encontram , alguns vieram do passado e podem para lá voltar ou , por aqui permanecer e até transcender a esferas superiores . Outros tem essa esfera/dimensão espiritual como seu habitat e da mesma forma podem "descer" à esferas inferiores , permanecer onde estão ou galgar mais um degrau na escala evolutiva . E outros (poucos) ainda , vieram dos "andares de cima" podendo para lá voltar caso se desincumbam de suas tarefas com eficiência, mas também podem se complicar e ter que ficar "por aqui" por tempo indeterminado caso adquiram CARMA nessa dimensão, e até "cair" À regiões inferiores.
    Pela fala de Gubio e é bem lógico esse pensamento , guardamos maior afinidade com os Irmãos que experienciam nas esferas inferiores , e temos dificuldade para nos conectarmos com os habitantes das esferas espirituais que vibram "acima" de nós.
    Qualquer desvio de interpretação pedimos que nos corrijam .

    ResponderExcluir
  6. Muito clara essa revelação da dinâmica das esferas localizadas abaixo da crosta terrestre, onde com certeza já passamos por diversas vezes. Somos alunos repetentes da escola reencarnatória. Devemos nos espelhar nessas lições recebidas do mundo espiritual, para conseguirmos cumprir nossa tarefa com altivez nos conhecimentos e humildade em nossas ações.

    ResponderExcluir
  7. Boa noite !! Na paz!! Tá tudo certo !
    Eu não quiz adentrar nesse assunto antes das eleições para não polemizar . Mas, tem uma pergunta que preciso fazer aos universitários : L.E. , pergunta 457 e 459 - perguntado aos invisíveis sobre a influência exercem eles sobres os visíveis ? A resposta curta e grossa que : "... eles que vos dirigem ...." . Bom , partindo desse princípio , somado ao de qye temos uma população invisível 4 vezes aos visíveis ! E diante da polêmica debatida aqui a partir de 15/10 sobre teria ou não Chico Cisco , no pinga fogo ( ...Pinga-fogo com Chico Xavier" (Inter-Vidas, 1ª edição, jan 2010), tema "Pinga-fogo II", item 9. Condição social e política brasileira... ) , adentrado no campo político em uma suposta cobertura ao sistema governo militar . Concluiu-se que , o destino da política dos visíveis , quem os da são os invisíveis ??? Pois, se eles nos governam os pensamentos !! Então exercem influência total sobre nossos votos nas urnas ??? Dai, vem os espíritas , querendo se esconder por detrás de uma " capa de Santo " , tentarem convencer que não se deve , ou , convém a um espírita , se envolver ou discutir política !! Ora!!! Próprio invisível , tido hoje como sendo um ícone da espiritualidade , quero falar de , Senador ( político né ! ) Publio Lentulios , que , influência ou influenciou de forma decisiva , o cisco !! Outro detalhe : se os invisíveis leem meus pensamentos, então , eu pensei , e já, "falei " a 3/4 da população de espíritos!! Certo ? Ou errado ? Se for certo essa afirmativa ! Então , fica assim : se eu falar, eu aguço 4/4 da população !! E , se eu ficar calado , aguço 3/4!!! E , esse 1/4 , temos um percentual que, querem enganar a quem !? , pois , só pensam , e não falando , já conseguiram uma , pequena , mas, significativa evolução!! Ah tá !!! Faz sentido !! Valha-me Nossa Senhora !!!! Pelo visto meu destino será mesmo me candidatar a uma vaga no Sanatório espírita !!! Em Uberaba ????...... agora , se estiver errada ?? Então ! Me perdoem , mas, tem mesmo muita complementação a ser feita na codificação básica !! Aí, esse espírito aqui , se livra da , internação !!!........

    ResponderExcluir
  8. Bom dia a todos!!!

    Muito interessante seu questionamento, Dom Tamer. 1 pra 4 ou 1 pra 7, o IBGE ainda não divulgou esta pesquisa, mas tanto faz pra quem faz parte do 1.

    Pessoalmente, não abro mão de exercer meu livre arbítrio. Mas agradeço muito à "ajuda dos universitários".

    Tenho muito claro e nítido, para mim, que não seríamos nada aqui,mas nada mesmo, sem a ajuda e cooperação de nossos Amigos Espirituais. Agradeço diariamente a Eles. Estando aqui ou estando em outro lado. Porque, humildemente, muito me honraria poder retribuir o que fazem por nós.

    Muito importante notar que não deixamos de ser nós mesmos quando passamos para a esfera seguinte, acima ou abaixo,somente agregamos mais um pouquinho ao nosso Eu.

    Por isso mesmo acredito que haja, diversidade de pensamentos em todos os níveis vibracionais. Senão não haveria evolução. Só que se passaria a um modo mais civilizado, onde isso seria considerado como contribuição ao pensamento e não enfrentamento, tipo: nós e eles.

    Como veremos adiante em Libertação, o pau come solto nos níveis inferiores. Para os que gostam de briga fica a deixa para onde irem.

    Façam seu voto, oops, sua opção pessoal.

    A cada segundo de nossas vidas fazemos nossas escolhas.

    Um grande abraço fraternal a TODOS!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo31 de outubro de 2018 04:52

      Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico (30-10-2018 05:50). Permita-nos "pitacar" (uma nova palavra, neologismo, ou algo parecido, acreditamos. Não é nossa a 'criação' dela!) sobre o tema do livre-arbítrio. Não evocaremos o conceito espírita sobre este tema. Traremos apenas uma possível experiência vivenciada por nós numa determinada época e pelo grupo de médiuns do qual participávamos. Inicialmente, numa avaliação, o grupo desejou realizar uma tarefa de visita a um local de doentes do corpo numa grande cidade brasileira (não a mencionaremos). Ouvindo-nos, os Amigos Espirituais alertou-nos cautela, pois poderíamos encontrar obstáculos no caminho. Então, um de nós foi, primeiramente, ao local escolhido. Todavia, nosso visitante encontrou preconceito da parte dos responsáveis do local. Depois, fomos pessoalmente ao local conversar com as autoridades e os doentes. Passamos uma tarde, no horário de visita, conversando com alguns desses pacientes! Eles gostaram da ideia! Mas, novamente, o grupo teve fechada as portas naquele ambiente. Na semana seguinte, comentamos o episódio com o grupo e os Amigos Espirituais respeitaram nossa liberdade de escolha, embora sabendo que não teríamos sucesso! Conclusão lógica: nem Deus, nem os Bons Espíritos violentam ninguém. Eles respeitam nossas decisões, porque sabem os efeitos delas em nossas vidas. Por isso, em "O Evangelho segundo o Espiritismo", capítulo XI:6 - A fé religiosa. Condição da fé inabalável: "...A fé cega... pretende impor-se, exigindo a abdicação de uma das mais preciosas prerrogativas do homem: o raciocínio e o livre-arbítrio..." A fim de não provocarmos interpretações diferentes, entende-se que a palavra "homem", no texto espírita, significa o ser humano, Espíritos, gentes, almas, mentes, encarnadas, num corpo físico de carne feminino ou masculino para cumprir sua missão neste abençoado Planeta Espiritual chamado Terra! Muito boa a sua participação! Parabéns! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (08:45)!!!

      Excluir
    2. Bom dia a todos!!!

      Prezados Baccelli e Dr. Inácio, muito obrigado por este espaço onde podemos trocar nossas experiências e vivenciações. CP, muito legal este diálogo com os Amigos Espirituais!

      Vivendo e aprendendo a viver. Cabe a ada um de nós regular a sensibilidade no app de comunicação, que felizmente já vem conosco.

      Interessante também a leitura de homem por ser humano. A codificação vem de 1850... Há evolução.

      Gosto muito da Prece de Cáritas, por razões familiares, e fui buscar o original para tentar adaptar o texto aos dias atuais. Sei que o que importa é o sentimento até mesmo sem nenhuma palavra, mas fiz isso para melhor entender Cárita.

      Nela adaptei "Ponde no coração do Ser Humano (homem) a Compaixão e a Caridade" e dai ao órfão a família (Pai) e ainda acrescentei ao órfão aos gatinhos e cachorrinhos.

      Tenho a leve impressão que não fiz isso sozinho.Portanto divido a autoria.

      Um grande e fraternal abraço a todos!!!
      Valeu, CP!

      Excluir
    3. Cadichon Pirilampo1 de novembro de 2018 15:08

      Boa noite, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico "01-11-2018 05:57). Parabenizamos o nobre irmão testemunhando o seu "...app de comunicação..."! (rsrs...rsrs...rsrs...)! Em "O Evangelho segundo o Espiritismo", capítulo XXVIII - Coletâneas de Preces Espíritas - Preâmbulo - I - Preces gerais -, temos a Oração Dominical desenvolvida pelos Espíritos Amigos. Se eles podem ampliar o conteúdo de uma oração, então nós também podemos realizar o mesmo, pois somos Espíritos imortais, mesmo encarnados! Interessante a sua autopsicografia no trecho "...Gosto muito da Prece de Cáritas, (...), mas fiz isso para melhor entender Cárita. Nela adaptei "Ponde no coração do Ser Humano (homem)...e ainda acrescentei ao..." Como você compartilhou algo a todos nós, também dividiremos o início de nossa prece matinal "Deus, Nosso Pai, que sois todo poder e bondade! Dai a luz a todo Espírito que busca a verdade sinceramente e despertai no ser humano - teus filhos terrestres - a compaixão e a caridade novamente..." (rsrs...rsrs...rsrs..." Qualquer "coincidência" com o real é apenas um detalhe neste Planeta Espiritual chamado Terra no "...app de comunicação..." do blog do Dr. Inácio Ferreira (IF) e do médium Carlos Antônio Baccelli (C.A.B.)! (rsrs...rsrs...rsrs..."! Deus, Jesus Cristo e os Bons Amigos Espirituais abençoem ao nobre irmão e a todos os que se encontram no seu campo de energia espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (19:07)

      Excluir
  9. Bom dia a todos!

    Deus, Jesus Cristo e os Bons Amigos Espirituais abençoem a todos nós, CP, a todos nós... e muitos mais!

    Um abraço fraternal a todos ligados no "app"!

    ResponderExcluir
  10. Dr. Inácio, afirma Gúbio que "já perambulamos por estes sítios sombrios e inquietantes...", o que eu muito pessoalmente concluo ser verídico. Sofro intolerância zero aos maus cheiros: ao hálito de alho, cebola, picantes não digeridos pelo organismo, odor corporal, odor a álcool, lugares insalubres, etc, etc. Certamente, não muito distante no tempo, sofri horrivelmente esse ambiente, guardando bem forte em minha memória perispiritual. Recordei Chico recebendo Jésus Gonçalves, sem a menor expressão fisionómica de arrepio à exalação desse irmão, que afugentava todos os presentes, com excepção do espírito de élite Chico Xavier. Capacidade de resistência ao meio ambiente adverso, doação incondicional do amor, respeito e humanidade são atributos dos espíritos superiores. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  11. Me desculpem o equívoco na troca de nomes: pretendi, sim, fazer alusão ao Jorge ou Tonho, que semanalmente visitava Chico na reunião pública de sábado. Lábios gretados e sangrando, beijava Chico, deixando vestígios de sangue no rosto, sem que Chico jamais simulasse o gesto de os limpar. Simultaneamente, exalava um cheiro forte, causando afastamento da generalidade dos presentes, excepto Chico. Abraço fraterno a todos os internautas. Muita paz e alegrias espirituais. Noémia

    ResponderExcluir