domingo, 15 de julho de 2018


VIII – REFLEXÕES SOBRE O LIVRO “LIBERTAÇÃO” – CHICO XAVIER/ANDRÉ LUIZ

Flácus, inspirado pelos Planos Maiores, acentua em sua preleção:
“Espíritos incompletos que somos ainda, aderimos aos movimentos que lhes dizem respeito e colhemos os benefícios da ascensão e da vitória ou os prejuízos da descida e da derrota, controlados pelas inteligências mais vigorosas que a nossa e que seguem conosco, lado a lado, na zona progressiva ou deprimente, em que nos colocamos.
 O inferno, por isto mesmo, é um problema de direção espiritual.
Satã é a inteligência perversa. (destacamos)
O mal é o desperdício do tempo ou o emprego da energia em sentido contrário aos propósitos do Senhor”.
Na condição de espíritas, não podemos olvidar a questão do livre arbítrio, repetindo aqui as célebres palavras de León Denis: “O Espiritismo será o que os homens o fizerem”.
Na atualidade, porém, observamos a existência de “dois” Movimentos Espíritas: o primeiro, e mais autêntico, o de seus adeptos que frequentam os grupos espíritas, interessados em colocar em prática as lições que aprendem; o segundo, e totalmente equivocado, o de seus adeptos que se deixaram picar pela “mosca azul” do poder, ditando normas, regras, estabelecendo direções, como se fossem altos mandatários do Mundo Espiritual na Terra...
*
Logo na sequência, severo alerta de Flácus:
“Misturam-se à multidão terrestre, exercem atuação singular sobre inúmeros lares e administrações e o interesse fundamental das mais poderosas inteligências, dentre elas, é a conservação do mundo ofuscado e distraído, à força da ignorância defendida e do egoísmo recalcado, adiando-se o Reino de Deus, entre os homens, indefinidamente...” (destacamos)
Seríssimo!
“... adiando-se o Reino de Deus, entre os homens, indefinidamente...”.
Podem fazê-lo?! Claro, pois que o têm feito desde épocas imemoriais, mormente quando lograram desfigurar os ensinamentos cristãos, fazendo com o Cristianismo o que fizeram e ainda fazem...
O Espiritismo, infelizmente, vem se transformando numa caricatura dos princípios cristãos, com os espíritas incautos, fazendo em muito menor tempo, o que os cristãos primitivos levaram três séculos para começarem a fazer com o Evangelho.
*
Todavia, ainda se tem tempo para deter o processo da falência de nossos princípios doutrinários que vêm sendo espezinhados e ridicularizados, a partir do comportamento arbitrário e nada fraterno dos espíritas que se consideram “donos” do Movimento, na exibição apenas e tão somente de duvidosa cultura acadêmica ou do pretenso status social que possuem – que os Centros Espiritas bem intencionados, com os seus leais frequentadores, prossigam laborando pelo Mundo Melhor, sem se inclinarem à autoridade “papal” ou “cardinalícia” que alguns espíritas vêm procurando exercer no Movimento.
Que os Centros Espíritas proclamem a sua independência dos órgãos de condução e se transformem em colmeias de serviço e de amor ao próximo, e em escolas sem cátedras onde o verdadeiro Espiritismo possa ser ensinado aos seus adeptos, para que eles, por fim, aprendam a pensar por si mesmos.
Não se trata de rebeldia, mas, sim, de “defesa pacífica” da originalidade espírita, para que o Espiritismo não venha a se transformar em simplesmente mais um “ismo”, no campo da vaidade pessoal de tantos, que, praticamente por imposição, em trama de bastidores pelo poder, querem impor a sua liderança.

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 15 de julho de 2018.





15 comentários:

  1. Bom dia dr Inácio e Baccelli
    Eu tb acho..
    Os centros espíritas não tem que seguir regras e estatutos de federações...
    O dirigente de um centro espírita que já aprendeu o verdadeiro sentido da caridade deverá se guiar pelo próprio coração porque com certeza não se perderá...
    Paulo nos ensinou:
    Transformai-vos pela renovação de vosso próprio entendimento..
    Para mim só poderá conduzir uma casa religiosa ou centro espírita..aquele que pensa..sente e pratica as Leis De Deus..
    Caso contrário..corre o risco de se levar pelos riscos do mundo..
    O reino De Deus não é visível..porque ele está dentro de nós...
    Nós ainda não temos governo sobre esse reino dentro de nós...imagine em um reino externo...
    Se minha consciência está em paz...me sinto no céu
    Se ela está pesada...me sinto no inferno..rssss
    O senhor vê dr Inácio...que no evangelho segundo o espiritismo eles alertam sobre isso quando nos alertam de que muitos vão a centros espíritas ou qualquer outra casa religiosa...*fazer caridade*...e dentro de seus próprios lares são verdadeiros lobos raivosos..
    Como alguém que tem essa postura pode conduzir algum lugar?
    Como alguém que não consegue sentir a verdadeira alegria dentro de si ao ajudar alguém...poderá discernir o que é praticar o verdadeiro bem?
    O verdadeiro homem de bem não tem títulos...
    Tem amor no coração...
    Bjs
    Cris

    ResponderExcluir
  2. Cadichon Pirilampo16 de julho de 2018 04:45

    Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Saudamos, mais uma vez, o nobre comentário de Inácio Ferreira (IF) sobre a questão de alguns aspectos existentes no Movimento Espírita na atualidade do século XXI, ano 2018, em nosso querido Brasil, Coração do Mundo, Pátria do Evangelho! Nesse seu arrazoado de Além, IF menciona a frase de Léon Denis (LD) "O Espiritismo será o que homens o fizerem". Naveguemos um pouco sobre esta declaração de Denis. Esse pensamento vivo de LD encontra-se na "Introdução" da obra "No Invisível: Espiritismo e Mediunidade" (FEB). Nessa introdução, o autor inicia falando que "Desde cinquenta anos se tem estabelecido uma íntima e frequente comunicação entre o nosso mundo e o dos Espíritos. (...) O Espiritismo propagou-se, invadiu o mundo. (...)" Mais adiante, LD lança alguns questionamentos: "(...) Que traz ele consigo? Será por toda parte a verdade, a luz, a esperança? Ao lado das consolações que caem na alma como (...), não haverá também uma parte de erros e decepções? (...)" Estas questões lembram-nos os famosos "Como você interpreta?!", de IF, não é mesmo? Depois daquelas perguntas, LD psicografou "...O Espiritismo será o que fizerem os homens. Similia similubus! Ao contacto da Humanidade as mais altas verdades às vezes se desnaturam e obscurecem. (...)" Mais além, LD prossegue em suas ideias interessantes. Perguntar-se-á: - "Algum outro espírita comentou essa frase de LD?" Para responder a esta questão, digitamos no Google aquela frase e descobrimos a obra "O Mestre na Educação" (FEB), de Vinicius (Pedro de Camargo, 1878-1966). Nele, Vinicius discorre sobre o conteúdo dela no capítulo 25 - Clama sem cessar. Começa indicando o capítulo "Todos têm fome" de "Plenitude", de Amado Nervo (= Juan Crisóstomo Ruiz de Nervo, 1870-1919). Escreve um pensamento de Alexis Carrel (1873-1944), e introduz o conceito de "...Educar a criança é semear o bom grão;...". Depois, fala o que pensou sobre aquela frase de LD e, finalmente, discorre o que ocorreu com o Cristianismo e pergunta: "...Que pretendem os homens fazerem do Espiritismo, desviando de sua finalidade, precípua e verdadeira, que é, como desdobramento do Cristianismo, acender o facho da luz na consciência, (...)? Espíritas...." Bem, perdoem-nos nosso longo esclarecimento! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (08:41)!!!

    ResponderExcluir
  3. Bom dia a todos!!!

    Peço licença para copiar aqui um trecho do comentário que coloquei no dia 02.07.2018 (errei a data e coloquei lá...):

    Em todos os tempos e também na época de Kardec os Espiritualistas/Espíritas (porque está em todas as nações do Planeta) exercem um trabalho para o momento deles e principalmente para o futuro!!!

    Chico também!!! Sua maior contribuição está aqui para nós e para o futuro!

    Tal como à época de Kardec alguns só enxergavam o presente, não atinando com o futuro, assim foi à época de Chico e continua hoje.

    Seguindo estes exemplos não podemos nos restringir ao presente. Não podemos restringir a evolução Espírita aos moldes de instituições de nosso tempo. Alguns tem de trabalhar para o futuro!!! Bola para frente!!!

    Este é o caso que Flácus analisa.

    Abraço fraternal a todos!!!

    ResponderExcluir
  4. Bom dia a tds, é o eu penso tbm em relação o Centro está filiado a uma federação, aqui em SP temos FEESP, USE, ALIANÇA e outras. O curso de uma ñ serve para você trabalhar em outra, aí eu pergunto o Espiritismo não é o mesmo? Boa semana p nós.

    ResponderExcluir
  5. Bom Dia Dr. Inácio e Baccelli. Tudo isso muito ridículo entre pessoas que se dizem agraciadas por tão bela doutrina. Graças a Deus existem as casas sérias que não são coniventes com os processos diabólicos, e várias dessas casas me ajudam muito na vida e aí de mim se não existisse o Espiritismo. Jesus sempre a frente. Bjs.

    ResponderExcluir
  6. Fica difícil, Dr. Inácio, defender o espiritismo quando contamos com tão poucos interlocutores como o senhor. É preciso que as vozes do além se multipliquem se almejamos influenciar parcela maior da humanidade. Viajei pela Espanha, Portugal e Irlanda em junho e não encontrei o menor sinal de espiritismo na Europa. E não foi por falta de procurar... Na África, Ásia e Oceania não é diferente. Resta o Brasil onde, desde a desencarnação de Chico Xavier, estamos encolhendo. Então, vamos levando nossos minúsculos trabalhos, na esperança de providências por parte de Jesus e seus prepostos. Antonio Baracat

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo19 de julho de 2018 06:44

      Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Antonio Abdalla Baracat Filho (16-07-2018 06:37) Nobre professor, parabenizamo-lo pelas suas observações interessantes sobre a presença do Espiritismo na Europa!!! Acrescentaremos algo menor, acreditamos, de nossa experiência: dias atrás realizávamos compras num mercado em nossa região de habitação. Geralmente, nessas ocasiões externas, vestimos uma camiseta branca com dizeres espíritas ou esperantistas no peito! Naquela oportunidade, vestíamos uma camiseta branca com o logotipo "4éme Congres Spirite Mondial - figuras da Torre Eiffel - Allan Kardec - Bicentanaire de la naissance d'Allan Kardec - Paris, 2 au 5 octobre 2004". Vendo esse logotipo, um senhor abordou-nos e perguntou: - "O senhor é espírita? Existe algum centro espírita nesta região? Estou morando aqui a alguns dias?" Respondemos que sim e indicamos os centros espíritas perto da residência dele, distanciados de cerca um quilômetro mais ou menos um do outro! Parece-nos um fato simples, mas de significação ampla, imaginamos! Da mesma forma, conversamos sobre o Espiritismo com outros irmãos religiosos e fornecemos explicações de acordo com o grau de compreensão moral e intelectual de cada um! Perdoe-nos, mas nunca saímos de nossa região para qualquer tarefa de divulgação doutrinária! Somente algumas vezes em algumas cidades de nosso Estado! Não nos queixamos por causa dessa nossa limitação! Nossa parte é cumprida o melhor possível! Deus, Jesus Cristo e os Bons Espíritos abençoem ao nobre irmão e a todos aqueles que se encontram no seu campo de energia espiritual! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (10:39)!!!

      Excluir
    2. Baracat, por favor, passeou só pelas serras de Portugal? Ah, então aí não encontrou o menor sinal de Espiritismo,concordo! Esteve em Lisboa? Porque não me contactou que lhe tinha agendado uma meia dúzia de palestras, o suficiente para falar e ouvir falar de Espiritismo, em Portugal?!Estudam-se as obras básicas da Doutrina e as obras psicografadas pelo querido Chico. Meu amigo Baracat, que pena não ter sabido que esteve em Portugal! É bom voltar a lê-lo no Blog. Desejo que venha para ficar. Grande abraço. Noémia

      Excluir
  7. Boa tarde meus amigos.

    Até agora temos conseguido manter a nossa independência Dr Inácio. Mas não é fácil . Sabemos que as críticas são muitas . E nunca demos importância. Quando um trabalhador se desponta eles "convidam" para frequentar as casas federadas , porque aquelas é que são espíritas. Hoje temos um grupo mais ou menos homogêneo e procuramos esclarecer sobre essas "influências" negativas de encarnados tentando convencer que precisamos aderir ao movimento de unificação, caso contrário à casa não estaria bem amparada espiritualmente . Cada coisa absurda que ouvimos que é de duvidar . Quando encontramos dirigentes das outras casas e sempre a mesma coisa ; "precisamos unificar o espiritismo ". Agora começaram a frequentar a casa eventualmente e tentar se envolver nos trabalhos . Polidamente , botamos pra correr . Mas com muuuuito amor .rssss

    ResponderExcluir
  8. Aécio Emmanuel César16 de julho de 2018 16:23

    Boa noite Dr. Inácio e Baccelli. Com toda certeza assino em baixo todas as suas palavras ditas com sabedoria. Infelizmente o que vemos em muitas Casas Espíritas é o desrespeito ao trabalho sobre-humano do médium Chico Xavier juntamente com o seu trabalho - as Obras Básicas da sua última existências serem deixadas às moscas. Vergonha que não poderia acontecer com o Consolador Prometido por Jesus. Despertemo-nos, pois antes que seja tarde. Forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
  9. Dr. Inácio, acredito que os "donos" da Doutrina terão os seus dias mais ou menos contados. Tenhamos esperança... Deixa partir o "líder" que o castelo de cartas vai se desmoronando paulatinamente. Desaparecida a força que os sustenta e defende voltaremos à bonança. A ordem vai ter de ser reposta, basta uma determinação Superior e a brincadeira de querer ser "dono" termina, ao estilo de Jesus derrubando as mesas dos vendilhões no templo. Este é um assunto que necessita, com alguma frequência, vir à baila, como o amigo muito bem faz. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  10. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

    Suas reflexões são pontos importantes para serem meditados.

    Agradeço pelo lindo trabalho!!

    Bom dia e excelente dia e fim de semana para todos nós!!
    Fiquemos com o BOM DEUS!! \O/

    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
  11. Bom dia a todos!

    Interessantíssimos os comentários! Mas as questões abordadas por Flácus me levaram a estudar A Caminho da Luz Emmanuel-Chico- 1938.

    Um livro desses demanda a formação de um grupo de estudos que tomaria no mínimo um ano de pesquisas e trocas de observações para um entendimento básico. Um verdadeiro PhD em Gênese do Planeta e de nossa Humanidade.

    Penso que lá nos primórdios, no desenvolvimento e criação da Lemúria e Atlântida essas pessoas (são espíritos, mas eu insisto em chamar de pessoas) que dominam as técnicas reencarnatórias se estabeleceram no Planeta. Haja atrito e haja LUZ pra resultar desse atrito!

    E, parafraseando CP, lembro que posso estar totalmente enganado e não ser nada disso. Afinal, de nada sei.

    Abraços fraternais a todos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cadichon Pirilampo21 de julho de 2018 12:14

      Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico (20-07-2018 07:56). Parabenizamos a iniciativa do nobre irmão estar reestudando "A Caminho da Luz"! Acreditamos que você possa realizá-lo sozinho com o apoio mental dos Amigos Espirituais à distância ou em grupo conforme mencionou! Nesta última direção, seria interessante que o grupo não se preocupasse com o tempo de finalização. Mãos à obra! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo (16:11)!!!

      Excluir