segunda-feira, 7 de agosto de 2017

COMO VOCÊ INTERPRETA – XX

No capítulo 28, de “Nosso Lar”, ainda colhemos precioso apontamento em torno da questão do tempo, ou do fuso horário, além da morte, nas Esferas mais próximas da Crosta. Você, porventura, já teria tido oportunidade de pensar em semelhante questão?!
Ao despedir-se de André Luiz, que, junto a Narcisa, havia se oferecido para dar plantão à noite, nas “Câmaras de Retificação”, Tobias lhes diz: “Desejo a vocês muita paz de Jesus, boa noite e serviço útil. Amanhã, às oito horas (grifamos), você poderá descansar. O máximo de trabalho, cada dia, é de doze horas, mas estamos em circunstâncias especiais.” Desta simples frase, você, amigo (a) internauta, poderá tirar muitas deduções, como, por exemplo, em “Nosso Lar”, cidade situada no “Umbral Fino”, o dia ser, igualmente, de vinte e quatro horas. Concorda?! Se não concordar, é simples: propõe uma teoria! Não faça como os críticos estéreis que se limitam a discordar e... pronto! – imaginam estar prestando um grande serviço à Doutrina! Eu não vou fazer isso, mas quase que os chamo de teólogos “dermatologistas”! Não, eu não posso fazer isso, e, como não posso fazer isso, por clara ofensa aos meus colegas “dermatologistas”, chamá-los-ei apenas e tão somente de rasos de entendimento. – Um espírito de elevada estirpe, igual do Dr. Inácio Ferreira, servindo-se de uma linguagem tão provocativa?! – eis que os imagino dizendo. Agradeço-lhes a consideração ao meu nome, mas, principalmente agora, desencarnado, eu me sinto muito longe de tal condição espiritual.
Ainda nos interessando a questão do tempo no Planeta Espiritual, que “abraça” a Crosta, Narcisa, dedicada enfermeira, esclarece a André: “... permaneço nas ‘Câmaras de Retificação’, em serviço ativo, há seis anos e alguns meses; entretanto, ainda me faltam mais de três anos para realizar meus desejos.” Outra lógica constatação: no Umbral, seja Grosso ou Fino, o ano é de doze meses! Será que o correr no tempo, no Planeta Espiritual, também não faz com que as coisas envelheçam?! O que vocês acham?! Não é dedução plausível?! Ora, André Luiz, no primeiro parágrafo do primeiro capítulo da Obra em análise, escreve: “Eu guardava a impressão de haver perdido a ideia de tempo. A noção de espaço esvaíra-se-me de há muito.” Tratava-se, evidentemente, de mera impressão, ou de fenômeno mental imediato que acomete o espírito em seu desenlace do corpo. Assemelha-se, em muitos casos, a alguém que, ao sair de um estado comatoso, necessita ser informado a respeito do quadro da existência física para a qual volta a despertar. Digamos que, em muitos desenlaces do corpo, o espírito pode ser acometido por transitório processo de Alzheimer...
Mas, gostaríamos de insistir, perguntando: se o tempo continua a passar na Dimensão Espiritual, a criança que lá se encontra domiciliada pode crescer, o jovem pode envelhecer e o idoso, “morrer”?! Eu perguntei primeiro – portanto, vocês é que devem responder. Estou, contudo, muito interessado nas respostas dos ortodoxos. Será que me dariam a honra dessa contradança doutrinária?!...
Narcisa, continuando a dialogar com André Luiz, elucida ao ilustre cientista, Dr. Carlos Chagas, que a Ministra Veneranda, a fim de lhe dispensar determinado endosso à futura existência na Terra, “exigiu-lhe” “dez anos consecutivos” de trabalho nas “Câmaras”! Não foi um pedido, ou um aconselhamento, mas, sim, uma exigência! Narcisa afirmou que, no primeiro instante, quis recusar, mas, depois, reconheceu que a Ministra estava com a razão. Claro que estava com a razão, pois determinadas concessões a quem não sabe o que fazer com elas é extremamente contraproducente, e, em vez de ser um benefício, podem ser prejudiciais àqueles que as recebem, pelo natural agravamento da responsabilidade.
Em nosso próximo post analisaremos o capítulo 29 – “A Visão de Francisco”, porque, agora, Narcisa estava sendo chamada ao “aparelho de comunicações urbanas”! – “Aparelho de comunicações urbanas”?! Podemos, então, pensar em “aparelho de comunicações interurbanas” no Além?! Que acham?! Que espíritos atrasados, que não conseguiam se comunicar pela telepatia?! Ora, que coisa! Vocês não acham, queridos (as) amigos (as)?! Espírito saiu do corpo que seja já tem que sair volitando e “telepatando”, ou não?!...

INÁCIO FERREIRA

Uberaba – MG, 7 de agosto de 2017. 






26 comentários:

  1. Bom dia, dr. Inácio! As cidades espirituais ficam próximas a determinadas regiões geográficas do globo, certo? Eu acho que por esse motivo, cada cidade vai apresentar um clima próprio e tb um fuso horário... Por exemplo, se alguém (encarnado ou desencarnado) vai visitar uma cidade espiritual que fica próxima a Suécia, ele vai sentir a diferença no clima e tb no fuso... Se aqui no Brasil está fazendo dia, lá estará fazendo noite... Ou o dia e a noite são uma coisa só para todo o mundo espiritual?! Não tenho como provar isso, estou apenas compartilhando minhas reflexões com vcs.
    Outra coisa, com todo respeito, os ortodoxos consideram o senhor, Inácio Ferreira, como espírito evoluído só porque buscou fazer um bom trabalho e acabou recebendo mensagens de, por exemplo, Eurípedes Barsanulfo? E pra eles um Espírito evoluído deve se comportar dentro de uma regra social que foi estabelecida? Ou melhor dizendo, pra eles um Espírito só é evoluído se concordar com as opiniões e as regras deles? Isso tá cheirando a vaidade, isso sim... Enfim, Dr. Inácio, muito obrigada por trazer tantos questionamentos e botar nossa cabecinha pra funcionar!

    ResponderExcluir
  2. Aécio Emmanuel César7 de agosto de 2017 03:35

    Bom dia Dr. Inácio e Baccelli. Creio que a essas perguntas dessa semana, o "pau vai comer" em cima do senhor. Eu, até então não saberia dizer algo sobre a morte do perispírito. Creio que há uma transformação, ou seja, a segunda morte nos planos mais próximos da Crosta, onde o seu espírito estagia momentaneamente em outra esfera em que com o seu perispírito ainda grosseiro não poderia viver. Estaria certo nesse pensamento? Queria mais esclarecimentos se possível for. Um forte abraço. Aécio Emmanuel César

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Aécio Emmanuel César (07-08-2017 03:35). Permita-nos auxiliar, embora não estejamos especificamente autorizados pelo Dr. Inácio Ferreira (IF) e pelo médium C.A.B. Você declarou: "...Creio que há uma transformação, ou seja, a segunda morte nos planos mais próximos da Crosta, onde o seu espírito estagia momentaneamente em outra esfera em que, com o seu perispírito ainda grosseiro não poderia viver. Estaria certo nesse pensamento?..." Sua forma de pensar, acreditamos, assemelha-se a de Gúbio quando este orientou a André Luiz (AL), em "Libertação" (FEB), capítulo 6 - Observações e novidades -, como "- Sabes, assim, que o veículo perispírito é também transformável e perecível, embora estruturado em tipo de matéria mais rarefeita.". AL descreveu o cenário numa "cidade estranha", onde vários espíritos se encontravam com o corpo espiritual (perispírito) "...semelhantes a pequenas esferas ovóides..." ligados a espíritos invisíveis naquela região espiritual. Mais adiante, Gúbio esclareceu melhor essa questão de perda do perispírito (segunda morte) para alcançar "...esferas sublimadas..." e aqueles que "...Pela densidade da mente, (...) não conseguem elevar-se...) No capítulo 7 - Quadro doloroso -, AL prossegue "...estudando os 'ovóides'..." sob a orientação de Gúbio. Nas suas obras e em suas mensagens neste blog, IF amplia dosada e gradualmente essa questão da segunda morte, pois ele mesmo também estuda o problema no planeta espiritual. As explicações de Gúbio encontra apoio em "O Evangelho segundo o Espiritismo", capítulo III, itens 1 e 2. "Esfera ovóide" é um estado mental da alma (espírito, psique, mente, etc...), tanto para o bem ou para o mal devido ao livre-arbítrio no emprego das Leis de Deus inscritas na consciência. Portanto, até prova em contrário, ainda não foi dada a última palavra sobre essas observações. Aguardemos! Deus e Jesus abençoem a seus estudos! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
    2. Quero agradecer humildemente pelos esclarecimentos. Sempre é bom achar alguém que raciocine maior do que nós. Creio que o Dr. Inácio e o Baccelli, vão apoiá-lo nesse sentido. Um forte abraço e mais uma vez obrigado pela aula.

      Excluir
  3. Bom dia dr Inácio e Baccelli
    Espero que todos por aqui estejam bem..
    Bom dr Inácio...como estou internada no corpo físico..e não tenho uma visão mais ampla.. como o senhor tem..respondo com meus achismos..
    Para mim o nosso lar é um mundo próximo à terra..é um..dos vários mundos que kardec chama de erraticidade..isto é ao meu ver..mundos vamos dizer estagiários..onde nos preparamos para reencarnar..
    Acho que existem outros mundos semelhantes à terra..onde nos internaremos devido as nossas necessidades de aprendizado..
    Para mim dr Inácio..a importância de reencarnarmos nesses mundos materiais estão ligados justamente a nossa oportunidade bendita de crescimento..
    Eu vejo sentimentos como orgulho..egoísmo..vaidade etc..completamente ligados à matéria do mundo onde me encontro..
    É nesses mundos...que estaremos frente a frente com esses sentimentos..tendo oportunidade de refaze los..
    Eu vejo as falas de Narcisa ahi acima como de alguém que está trabalhando para ter a oportunidade de reencarnar...
    *Ela fala em mais de tres anos para realizar seus desejos*...
    Para mim o desejo de narcisa é o de reencarnar em mundos materiais..onde são grandes as oportunidades de crescimento e evolução no nosso modo de sentir..
    Por isso acho que pela proximidade desses mundos..o tempo é igual ao daqui..24 horas
    Acho que todas as vezes que o espírito vai reencarnar em outro mundo há a morte..
    A morte para mim dr Inácio..é o desaparecimento de um lugar..para reaparecer em outro....rssss...eu e meus achismos..
    Ah não sei dr Inácio...acho que estar criança..jovem.. idoso..que são termos puramente relacionados à estado físico...depende muito da situação mental de cada um nesses mundos transitórios..ou errantes..
    Afinal dr Inácio não precisa crescer..ou estar idoso para ocorrer a morte...ou desaparecer de um determinado mundo e ir para outro...
    Aqui no nosso mundo não desencarna só quem está velho...
    Morrem crianças..morrem jovens..
    Acho dr Inácio que O Planejamento Divino é tão perfeito...mas tão perfeito...que estamos muito longe de compreender..
    Mas apesar disso...temos que matutar..pois é matutando que vamos alargando nosso raciocínio..nosso entendimento..
    Não importa se nossos achismos são erroneos..o que importa é MATUTAR
    Se um corpo por aqui...nasce deformado...é a grande oportunidade..de filtrar..eliminar equívocos do passado..
    E vai saber qto tempo temos que esperar nesses mundos para tal oportunidade?...
    Para mim o melhor tempo é o tempo bem aproveitado...
    Ótima semana
    Beijos

    ResponderExcluir
  4. Então dr Inácio...
    Continuando nossa conversa..
    Há um detalhe muito importante nessa história toda...
    O que muitos chamam *bênção esquecimento*...ou esquecimento temporário..
    Também acho uma benção..pois seria muito difícil a gente olhar para um filho e reconhecer nitidamente um adversario.. Acho Deus Tão Sábio viu...
    Mas tb acho o esquecimento uma medida Salutar Do Pai...
    Porque se a gente lembrasse por exemplo que é um expert em matemática..com certeza nos acomodariamos..e iríamos pelo caminho mais fácil...
    O corpo..ou o templo sagrado como muitos chamam..um Bendito Recurso De Deus...apesar de ser bendito é na realidade pura carne..tanto que pode nele ter habitado um bom espírito..e mesmo assim..ela vai putrefar..
    E ahi pega tb..o perispirito tb deteriora?...eu é que não sei..deixo com vcs..
    Pelo que podemos constatar...André Luiz...não fala em *esquecimento*..no nosso lar...e ahi já detecto uma grande diferença...há mais consciência de alguns..não generalizo hein?
    Por aqui até tentam..com regressão etc..mas percebo pelas falas de André Luiz..que no nosso lar..para aqueles que desejam.. há uma abertura maior da consciência..uma percepção maior...
    Aqui o esforço tem que ser muito grande para alcançarmos resultados positivos em nossa jornada...por isso precisamos muito de vocês..
    Então..acho que os mundos transitórios..tem o tempo igual..porém as características materiais são diferentes...
    Dr Inácio não liga não..continue em suas indagações...
    Deixe que falem..
    Melhor assim..
    Já pensou se eles fossem a seu favor e o achassem santo?
    Com certeza o senhor seria canonizado..e acho que o senhor ia odiar tal medida..rssss
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Bom dia Dr. Inácio e Baccelli!!

    Fico feliz por mais uma vez poder estar aqui, aprendendo com o senhor.
    Acredito que em relação ao tempo, ele não muda muito em relação aqui na Terra entre nós os encarnados, acredito também, conforme evidenciei nos comentários do pessoal aqui no blog, que o tempo e o clima no plano espiritual (nas esferas próximas da terra) seja igual ou próximo ao nosso.
    Penso que no plano espiritual o espirito envelhece também, dependendo do seu grau evolutivo, ele pode mentalizar aquele estado em seu períspirito sem alteração em suas características físicas.
    Acredito que há aparelhos sim com tecnologia mais elevadas que os nossos aqui na Terra, mas que há a necessidade de seu uso sim para funções básicas como uma simples comunicação, variando conforme o nível de evolução do espirito.

    Obrigado pelo trabalho aqui no blog!!
    Excelente dia e semana para todos nós!!

    Fiquemos com o Bom DEUS!! \0/
    Carlos A. Gomes

    ResponderExcluir
  6. Bom dia a todos!!!
    Dias de 24 horas. Anos de 12 meses. Chamaram Narcisa no Skype. Corpos físicos com nascimento, desenvolvimento e morte em outra faixa vibracional. Dose dupla essa semana!!! Vários livros seriam necessários para esclarecer essas pequenas dúvidas da humanidade.
    Incrível, mas passei ontem o domingo recordando o sistema solar, e pude perceber como hoje isso é transmitido às crianças e aos jovens e àqueles que se interessem pelo assunto. Sentidos de rotação dos planetas, movimento de translação (ao redor do Sol), inclinação de eixos dos planetas. Isso define a duração dos anos e dos dias, na nossa Terra 365 dias e 24 horas. Aí entram os meus pitacos, isso nas faixas vibracionais que estamos encarnados.
    Ao expandirmos além dessas faixas vibracionais da Terra 1 (assim chamo onde estamos encarnados), que agrega as faixas do chamado Umbral Grosso e indo para Nosso Lar, que na minha nomenclatura pertence a Terra 2 e assumindo, por intuição, que o centro da Terra é o mesmo para todas as Terras (não tenho como provar) vamos descobrir uma outra distância para usar no GPS cósmico, pois ao mudarmos de faixa vibracional entramos no tempo. Além de Latitude e Longitude (o que daria acima do RJ) não é a altura de 500km que iremos acrescentar, mas a distância vibracional no tempo.
    Se os centros são os mesmos uma volta ao redor do Sol seria uma volta para as sete Terras, que pode ser dividida em 12 partes ou meses, como o dia em 24 horas e assim por diante. Só que, nesta outra faixa vibracional o tempo passa a correr mais rápido (para nós como observadores) do que sentimos aqui.
    Fica mais fácil de entender se imaginarmos um ser que esteja fora da Linha do Tempo, ele verá o tempo como uma distância física para nós. Onde fica o tal posto que tem todas as informações? No km 10, e tem outro no km 120. Esse ser vê e viaja no tempo como nós aqui numa distância em km.
    Ou seja, em Nosso Lar as coisas passam mais rápido. Vive-se muito mais em 5 minutos do que aqui, talvez em meses. O tempo passa mais rápido. Para quem está lá nós somos muito devagar.
    E crianças são feitas pelos métodos tradicionais, pelo menos até Terra 3 onde o corpo espiritual tem a forma humana daqui. Crescem e morrem, encarnando aqui ou em outros planetas.
    Viajei muito. Bom essa é a maneira como vejo isso.
    Um grande abraço a todos e uma ótima semana! Em todas as Terras e todos os tempos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico (07-08-2017 06:41). Medidas de tempo. Parabenizamos o nobre irmão pelo desenvolvimento de suas observações sobre a "...distância vibracional no tempo...". Sugerimos aos irmãos a leitura do tema "Medidas de tempo" (www.if.ufrgs.br e http://astro.if.ufrgs.br), no qual nossos irmãos podem acessar informações interessantes sobre a medição de tempo e visualizar os modelos para esse tipo de situação mental. Deus e Jesus abençoem a você e todos no seu campo de frequência vibracional! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
    2. Relendo, acrescento mais algumas considerações. Não devem haver fronteiras rígidas entre as Terras, 0,1,2,3 ...7. as coisas vão se transformando gradualmente e de repente você passa do 1,99 para 2,0 e 2,1. Nosso Lar deve ser bem limítrofe ao 1,99, se for possível descrever dessa maneira, tendo umas partes lá e outras cá. Portanto a diferença de tempo e horário não devem ser muito significativas, talvez até nem tão perceptíveis.
      Já na Terra 3, a Terra deve ser "um pontinho no espaço".

      Excluir
    3. Bom dia a todos !!!
      ´Prezado Cadichon Pirilampo - CP, muito obrigado pelas palavras amáveis e incentivadoras, mas eu garanto que foi sem querer.
      Um detalhe: No domingo, quando fui pesquisar entrei no Google e passei por diversos sites que não me agradaram. Só fui me aprofundar no site... do IF da UFRS. Pode isso? Altamente recomendável!
      Na segunda IF e CB postam sobre o assunto. Daí escrevi o comentário.

      Excluir
    4. Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Schico (09-08-2017 06:05). Você perguntou "...Só fui me aprofundar no site...do IF da UFRS. Pode isso?..." Respondemos que sim, pois as ideias estão no ar à disposição de qualquer um de nós. O que é necessário? Sintonizarmos direta ou indiretamente, como você fez! Parabéns, mais uma vez! Os autores daquele artigo são Kepler de Souza Oliveira Filho e Maria de Fátima Oliveira Saraiva, professores de Astronomia e Astrofísica do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (IFUFRS). São autores do livro "Astronomia e Astrofísica" (Livraria da Física). No livro "Cidade no Além" (CUNHA, Heigorina; Francisco Cândido Xavier; André Luiz e Lucius. IDE, 1ª edição, out 1983), capítulo Anotações em torno de "Nosso Lar", André Luiz psicografou "...4. Convém esclarecer que... Outras colônias-cidades espirituais, porém, existem, às centenas, em torno da Terra, obedecendo às leis que lhe regem os movimentos de rotação e translação..." Bem, o convite para pensar está lançado, não é mesmo? Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
  7. QUERIDOS DOUTORES INÁCIO E BACCELLI! JÁ OUVI DIZER VÁRIAS VEZES QUE O TEMPO É UMA ILUSÃO E QUE SÓ EXISTE A ETERNIDADE.TEM AQUELA TEORIA DE EINSTEIN DA QUAL NADA ENTENDO.MAS PELA LÓGICA DO QUE VIVEMOS, ACREDITO QUE NA NOSSA FAIXA EVOLUTIVA, PRECISAMOS DESSA "ILUSÃO" PARA QUE A GENTE NÃO "PIRE". COMO UMA PESSOA QUE VIVEU UMA REENCARNAÇÃO INTEIRA COM HORA PRA ACORDAR,HORA PRA TRABALHAR,HORA PRA SE ALIMENTAR ETC,PODERIA DE REPENTE VIVER NUM
    MUNDO SEM RELÓGIO? NA ÉPOCA DO HORÁRIO DE VERÃO TANTA GENTE SE SENTE MAL, DORME MAL E NÃO SE ALIMENTA DIREITO POR CAUSA DO ADIANTAMENTO DE UMA HORA, SEM HORA NENHUMA SERIA O CAOS PRA NÓS. DEUS TRABALHA PARA O NOSSO BEM-ESTAR E PARA NOSSA EVOLUÇÃO.PARA MUITOS É DIFÍCIL DE ACEITAR QUE A NOSSA VIDA NO MUNDO ESPIRITUAL SEJA TÃO PARECIDA COM A VIDA NO MUNDO MATERIAL.SERIA MARAVILHOSO A GENTE DESENCARNAR E COMEÇAR A VOLITAR,A SE COMUNICAR PELO PENSAMENTO E A FAZER PELO MENOS ALGUMAS COISAS QUE JESUS FEZ AQUI.SÓ QUE PARA CHEGARMOS A ISSO TEMOS QUE EVOLUIR MUITO A MAIORIA DE NÓS FAZ COMO AQUELES VERSOS DE UMA CANÇÃO SERTANEJA DE SUCESSO:"Deixa, deixa mesmo de ser importante
    Vai deixando a gente pra outra hora
    E quando se der conta já passou".NÃO VAMOS DEIXAR PASSAR AS OPORTUNIDADES DE APRENDER E DE EVOLUIR PARA QUE NOSSA JORNADA ATÉ A 'PERFEIÇÃO" SEJA MAIS CURTA,NÉ?ABRAÇÃO SEMANAL DA ANA LÚCIA GOBBI
    @}---´----

    ResponderExcluir
  8. Boa noite ! Na paz!! Tá tudo certo! Cabeça aqui , vai implodir!! Hahaha. Essa overdose imposta por I.F. Tá me deixando , aguniado! E prova qye, poucos temos condições de absolvê-las , de forma elucidativa prazeirosa , mas sim , atormentando os miolos. Uma frase dessa semana expressada aqui por um irmão "anônimo " no primeiro comentário do dia , expressa a meu ver , a mais das cruéis realidades : "... não tenho como provar isso ...", somado a uma outra frase de um CO de uma empresa qye não me recordo qual , qye li no site do terra , onde ele diz : "... o futuro não permitirá e nem terá chance para o ACHISMOS ..." ( grifo meu ), ele se referia a questões capitalistas, mas, pra mim está tudo correlacionado. Vamos agora somar tudo isso as perguntas "incômodas " de Inácio , semana passada : " O que vocês me dizem?! Estão lendo e não estão estendendo, ou estão lendo, entendendo e silenciando por não concordarem, ou por conveniência?!...". Outra frase qye foi colocada aqui essa semana qye é intrigante "... E pra eles um Espírito evoluído deve se comportar dentro de uma regra social que foi estabelecida? Ou melhor dizendo, pra eles um Espírito só é evoluído se concordar com as opiniões e as regras deles?...". Nessas linhas de raciocínio básicos , forçoso concluir que : aqui , estamos muito limitados , para ficar no "achismos " e com enormes possibilidades de sermos decepcionados ao constatar a realidade além túmulo. Parafraseando aqui uma parente próxima: "...meu filho !! Já que eu não tenho certeza de nada ! Então , melhor eu ficar aqui quietinha na minha crença mesmo ! Ser espírita ! É muito difícil ...". Hahahaha!!!! Tô quase aderindo aos conselhos dela !! E ficando na resposta a Inácio : de minha parte ! Por , "conveniência " kkkkkkkk, e estamos ainda no capítulo 29...

    ResponderExcluir
  9. Ué! fiz um comentário supimpa e não foi publicado. O que será que houve? Pascale.

    ResponderExcluir
  10. Dr. Inácio , querido Baccelli
    Boa Noite (mas ai agora, é noite ou é dia?)
    De Chico a "cisco".
    E eu, de Ministra a "Mini".
    Beijos da irmã-amiga Verinha

    ResponderExcluir
  11. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Longevidade no Mundo Espiritual invisível. Perguntar-se-á: - "Como cada um de nós poderá compreender a longevidade no Mundo Espiritual invisível, imponderável?" Num primeiro momento, leiamos e estudemos o trecho "...As condições de longevidade não são, tampouco, em qualquer parte, (...). Evocado, um Espírito, que desencarnara (...), disse que: "...". Interrogado sobre a idade que tinha nesse mundo, falou: "...". Pensando nesta resposta, Allan Kardec (AK) escreveu: "Muitas respostas análogas foram dadas por outros Espíritos e o fato não apresenta nada de inverossímil..." ("O Livro dos Espíritos", nota de AK à pergunta 188). Conclusão lógica: o trecho "...Será que o correr no tempo, no Planeta Espiritual, não faz com que as coisas também envelheçam?...Não acham plausível?...", da mensagem semanal de Inácio Ferreira (IF) é suficiente verossímil, isto é, plausível! Esta conclusão em forma de pergunta encontra fundamento na pergunta 95 daquele livro básico mencionado acima! Convidamos os irmãos a lerem o capítulo 18 - Longevidade do perispírito - da obra "Um Mundo Espiritual chamado Terra" (LEEPP, 1ª edição, abr 2016), de IF! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

    ResponderExcluir
  12. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Internet galáctica. Permitam-nos divulgar o artigo "Podemos construir uma internet galáctica, mas levaria 300.000 anos" (09-08-2017 - New Scientist - Espaço), publicado no site Inovação Tecnológica. Este noticiou as ideias do pesquisador David H. Duncan que "...acredita que já está na hora de pensarmos em uma internet galáctica, para trocarmos informações com todas as civilizações inteligentes que presumivelmente existem apenas na Via Láctea..." Desta forma, o trecho da mensagem do Inácio Ferreira "...Podemos, então, pensar em 'aparelho de comunicações interurbanas' no Além! - Que acham?..." também é perfeitamente plausível e em sintonia com o artigo mencionado acima! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

    ResponderExcluir
  13. Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Internet galáctica (09-08-2017 06:38). Solicitamos corrigir o trecho "...as ideias do pesquisador David H. Duncan que..." para "...as ideias do pesqui8sador Duncan H. Forgan que...". O artigo publicado no site "New Scientist" (19-07-2017 Daily News) denomina-se "We could build a galactic internet but it may take 300,000 years" ( tradução feita pelo site Inovação Tecnológica), de Leah Crane. Perdoe-nos a incorreção. Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

    ResponderExcluir
  14. Dr. Inácio, permita-me interagir com nosso amigo internauta Cadichon.
    Cadichon, a questão prende-se com a "segunda morte", citada pelo instrutor Gúbio, no Cap. VI do livro " Libertação". Gostaria de expor a minha compreensão sobre tal questão, que aceito possa estar equivocada. Me parece que o significado da "segunda morte" é muito mais abrangente do que alguns outros percepcionam ou defendem. Vejamos o diálogo entre Gúbio e André Luiz:
    "Já ouviste falar, de certo, numa "segunda morta"...
    Sim - acentuei-, tenho acompanhado vários amigos à tarefa reencarnacionista, quando atraídos por imperativos de evolução e redenção, tornam ao corpo de carne".

    Está bem claro, na resposta de André Luiz, que para se reencarnar se passa pelo fenómeno da "segunda morte".

    " De outras vezes, raras, aliás, tive notícias de amigos que perderam o veículo perispiritual, conquistando planos mais altos". Estamos perante outro caso de "segunda morte", este para subir de Plano, o anterior para descer de Plano.

    "Viste companheiros - prosseguiu o orientador - que se desfizeram dele, o perispírito, rumo a esferas sublimes, cuja grandeza por enquanto não nos é dado sondar...".Outro caso de "segunda morte", mas de espíritos elevados, mas não puros, porque do Umbral não saem espíritos puros.

    E, finalmente, existe o caso superior à potência de "segnda morte" para espíritos puros, mas que não habitam o nosso planeta, que não necessitam mais de perispírito, prescindindo a forma,se elevam a um estado vibratório de uma tal frequência que estamos bem distantes de entender.

    Pois, recorro aos subsidíos de Cadichon, se for possível me ajudar a dissecar esta questão que não reúne unanimidade. Muito grata. Abraço fraterno. Noémia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa tarde, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Noémia (09-08-2017 13:30). Segunda-morte ou perda do perispírito. Concordamos com a sua frase "...não reúne unanimidade..." Por que muitos seres inteligentes encarnados e desencarnados ainda não encontram uma concordância plausível sobre esse assunto empolgante e aparentemente inédito no Movimento Espírita e Espiritualista? A possível resposta pode ser encontrada no conteúdo do item 74, perguntas 1 a 4, do capítulo IV - Da teoria das manifestações físicas, da 2ª Parte de "O Livro dos Espíritos". A questão 58 de "O Livro dos Espíritos" também conduz a enfoques interessantes no quesito de um "corpo de energia" em sintonia com o meio ambiente de mundos energéticos ainda desconhecidos por nós terráqueos. Aliás, Michio Kaku emite uma hipótese de corpo de energia no seu livro "O Futuro da Mente" (Portugal: Editora Bizâncio)! Também, podemos navegar em "A Segunda Morte" (Editora da Fraternidade), de Rafael Américo Ranieri. Sobre aquele "corpo de energia", podemos conjecturar sobre como um corpo espiritual suportaria as temperaturas altíssimas do Sol, como se lê "...O Sol não seria mundo habitado por seres corpóreos, mas simplesmente um lugar de reunião de Espíritos superiores..." (OLE-188, nota de Allan Kardec). Em "A Segunda Morte" (EDIFRATER), de Rafael Américo Ranieri, podemos ter uma ideia sobre essa sua opinião. No capítulo 6 - Observações e novidades - de "Libertação", André Luiz, através de Gúbio, registrou "...corpo glorioso, estruturando-o em matéria sublimada e divina...". Esta noção sintoniza-se com OLM-74, perguntas 1-4. Nesse contexto em estudo, podemos entender o relato de Inácio Ferreira em "Na Próxima Dimensão" (LEEPP), quando excursionou numa dimensão superior! Bem, perdoe-nos por não fornecer melhores subsídios ou, até mesmo, não ter compreendido sua linha de pensamento! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
    2. Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Anônimo (10=08-2017 10:43). Segunda morte ou perda do perispírito. Solicitamos a correção do trecho "...A possível resposta..., da 2ª Parte de "O Livro dos Espíritos"..." para "..., da 2ª Parte de "O Livro dos Médiuns...". Nossa memória atual pensava no trecho correto, mas os dedos e a correção do texto assinalou outra coisa. Perdoe-nos a incorreção! Para compreender o trecho "...O Sol não seria mundo habitado por seres corpóreos,..." (OLE-188 nota de Allan Kardec), indicamos a notícia "A surpreendente descoberta sobre o núcleo do Sol que intriga cientistas" (04-08-2017 08h36-08h51 - Notícias - Ciência), divulgada pelos sites Terra e BBC Brasil.com. Nesse estudo, os cientista concluíram que "...o centro do Sol gira quase quatro vezes mais rápido do que a superfície da estrela..." Esta pensamos em digitá-la, mas aconteceu um imprevisto digital e sumiu o texto pensado e digitado. Conclusão lógica: se os cientistas assombram-se com as novidades sobre o núcleo do Sol, então cada um de nós ficará estimulado a ler, estudar e meditar sobre as novidades reveladas pelos Espíritos encarnados e os desencarnados, gradativamente. Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
    3. Cadichon, irmão em Cristo, muito grata pela sua disponibilidade e aceitar contribuir com alguns subsídios.
      Não deixa de ser muito curioso, o que André Luiz escreve em nota de rodapé, do citado Cap. VI de "Libertação": "O perispírito, mais tarde, será objeto de mais amplos estudos das escolas espiritualistas cristãs." Aonde estão as ditas situadas?
      Eu tristemente constato que a grande maioria assimilou como dogma o conceito exclusivista de Ranieri sobre "segunda morte".
      Concordo, absolutamente, que o tema é empolgante, desafiante e indiciador de potenciais revelações importantes, levantando um pouquinho mais o véu, aguardando cabeças pensantes sem preconceitos e sem receio de se expor.
      Que as bênçãos do Mestre Jesus o envolvam cada dia.
      Abraço fraterno
      Noémia

      Excluir
    4. Cadichon Pirilampo14 de agosto de 2017 05:51

      Bom dia, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Noémia (11-08-2017 11:39). Sim, respondemos a sua pergunta sobre a nota de rodapé que André Luiz (AL) psicografou no capítulo VI - Observações e novidade - sobre o perispírito (corpo espiritual). Acreditamos que "...escolas espiritualistas cristãs..." são os ambientes da Igreja Católica, do Protestantismo e outras denominações espiritualistas que ainda não ampliaram os seus ensinos quanto a esse tema importantíssimo em nossas vidas. Lembremo-nos de que o título desse capítulo é "observações e novidades". O próprio AL admirou-se com o que observou naquela cidade estranha quanto a "...esferóides vivos..." ("...esferas ovoides...", corpos ovoides, fato que conduz à ideia de 'segunda morte' relembrada por Gúbio porque já existia no Espiritualismo em forma dispersa, sem um estudo criterioso. Como muitos leitores ainda não assimilaram bem as propriedades do corpo espiritual, então muitas novidades tendem a ser esquecidas porque aqueles leitores não querem ir "Um Pouco mais Além" (Didier) do que leem. Tendo em vista este tipo de comportamento, muitas ideias lançadas pelo Dr. Inácio Ferreira são criticadas sem um estudo comparativo e inteligente. Mais uma vez ressaltamos aguardar o professor tempo para a gradual mudança na forma de pensar desses irmãos! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

      Excluir
  15. Dr. Inácio, querido amigo, o nosso Plano espiritual não poderia diferir tanto da Crosta. Apesar das semelhanças de meio, o Espírito quando desencarna necessita de se descondicionar e aprender a viver no novo ambiente. Se o Umbral diferisse em demasia ele enlouquecia, certamente. Portanto, tudo na natureza é harmonia, seguindo a marcha que Deus traçou. Vivemos aqui uma cópia imperfeita do que se passa no Plano Espiritual. Aí necessitamos de dormir, trabalhar, aprender, estudar. Sentimos fome, frio, sede. Envelhecemos, adoecemos. Estamos sujeitos à Lei da Gravidade, temos peso específico. Comunicamos por aparelhos, alguns muito sofisticados que permitem seguir o dia-a-dia dos habitants da Crosta e mesmo os das zonas inferiores do Umbral. Existem meios de transporte mais avançados do que os que existem aqui. A vida segue igual apenas com algumas nuances mais avançadas.E só temos de muito agradecer ao Criador por nos ter criado e facultado tudo o que necessitamos para caminharmos ao encontro Dele.Louvado seja Deus por todos nós. Muito grata como sempre. Abraço carinhoso à equipa. Noémia

    ResponderExcluir
  16. Cadichon Pirilampo12 de agosto de 2017 21:55

    Boa noite, Amigos Espirituais visíveis e invisíveis! Amor, Luz e Paz! Aaron Ciechanover e Ciência. Destacando o comentário semanal de IF o trecho "...Narcisa, continuando a dialogar com André Luiz, elucida ao ilustre cientista, Dr. Carlos Chagas,...", permitam-nos divulgar as notícias "É impossível fazer ciência com poucos recursos, diz vencedor de Prêmio Nobel" (12-08-2017 11h44-11h46 - Notícias - Ciência) e "Como uma pergunta mudou a forma de combater o câncer" (12-08-201711h37 - Ciência), que os sites Terra (Agência Brasil) e Exame.com (Agência) noticiaram sobre a palestra de Aaron Ciechanover (1947-...., professor, bioquímico, médico), realizada na Universidade de Brasília. Essas notícias lembram-nos a necessidade de ler, estudar e meditar no capítulo IV -Papel da Ciência na Gênese de "A Gênese, os Milagres e as Predições segundo o Espiritismo", de Allan Kardec, bem como de nosso papel na sociedade atual deste abençoado Planeta Espiritual chamado Terra! Ressalte-se também a forma como os cientistas realizam seus estudos: fazer a pergunta certa, curiosa! Leia-se o parágrafo da segunda notícia: "Começou com uma curiosidade, com uma pergunta, com a identificação de uma pergunta. E só então houve a formação de um sistema experimental que nos permitiu chegar aonde estamos hoje,..." (Aaron Ciechanover - Exame.com). Nesta linha de pensamento é que as perguntas do Dr. Inácio Ferreira são importantíssimas para que também abramos nossas mentes a fim de ampliar as histórias contadas pelos Amigos Espirituais (como André Luiz e outros), bem o método da fé raciocinada explicada por Allan Kardec com fundamento nas Leis Divinas e na Boa Nova de Jesus Cristo! Pensemos, pensemos e pensemos!!! Deus e Jesus Cristo abençoem esses garimpeiros da Ciência convencional e espírita! Um abraço fraternal! Cadichon Pirilampo!!!

    ResponderExcluir